Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

Calorão dá lugar à chuva e ao frio em todo o País nos próximos dias; veja previsão

Publicado em

Após um mês de onda de calor na maior parte do Brasil, uma frente fria deve chegar nos próximos dias e vai derrubar as temperaturas. De acordo com informações do Climatempo, a mudança do tempo começa a partir desta sexta-feira, 24, trazendo chuva e frio, em especial para os Estados do Centro-Sul.

O sistema frontal que chega pelo Sul do País irá alcançar o Sudeste, quebrando o bloqueio atmosférico que tem provocado a longa sequência de dias quentes no norte do Paraná, parte do Centro-Oeste e Sudeste, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O calor deu trégua em São Paulo por alguns dias no mês, como no último dia 14. No entanto, logo o sol voltou e os termômetros continuaram a registrar altas temperaturas. Isso porque a frente fria anterior não foi forte o suficiente para quebrar o bloqueio atmosférico.

Continua depois da publicidade

O sistema de alta pressão deve se deslocar para o oceano, e assim o País voltará às condições climáticas que são típicas desta época do ano, com mais frentes frias e chuvas.

Segundo o Climatempo, a nova frente fria se formou entre o Rio Grande do Sul e o Paraguai, e avança rapidamente pelo Sul do Brasil. Nesta sexta-feira, o sistema chega ao Sudeste, alcançando São Paulo e no sábado, 25, atinge o Espírito Santo.

Essa massa de ar polar deve trazer chuva e frio para todos os estados do Sul, São Paulo, sul do Rio de Janeiro e Minas Gerais, e sul dos estados do Centro-Oeste.

Chuvas no Sul

A frente fria deve provocar chuvas no Sul do País. Nesta sexta-feira, 24, o tempo fica instável nos três estados da região. O Inmet emitiu um alerta laranja de perigo para acumulados de chuva de até 100 milímetros no norte do RS, Paraná e parte de Santa Catarina.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) também alertou para possibilidade muito alta de novas enchentes em áreas do sudeste do RS e região metropolitana de Porto Alegre.

Continua depois da publicidade

As cidades banhadas pela Lagoa dos Patos podem ter acumulados de até 150 milímetros de chuva nesta sexta. A situação é preocupante devido ao aumento do volume dos rios da região.

O nível do Guaíba, em Porto Alegre, continua alto –às 8h15 desta sexta, estava em 3,92 metros– e as chuvas podem piorar a situação, provocando a elevação da água no local. O Cemaden também alerta para o risco de deslizamentos de terra no Rio Grande do Sul.

Temperaturas despencam no Sudeste

A frente fria pode fazer as temperaturas despencarem em algumas cidades do Sudeste. Em São Paulo, a máxima esperada para sexta é alta, de 31°C. Já no fim de semana, a queda prevista é de até 15 graus. As máximas não passam dos 18°C no sábado e 16°C no domingo.

No Rio de Janeiro, o frio também é esperado. Nesta sexta, a máxima é de 35ºC, e no domingo, a máxima não deve passar dos 23ºC.

 

Propaganda
Advertisement