Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

Duas crianças falecem de pneumonia em Cruzeiro do Sul em menos de uma semana

Publicado em

A cidade de Cruzeiro do Sul enfrenta um cenário doloroso com a perda de duas crianças para a pneumonia em um curto intervalo de tempo. Miguel Pardini, de apenas 9 anos, foi o primeiro a falecer no Hospital do Juruá na segunda-feira, 20, seguido por Ísis, de 3 anos, que também não resistiu à doença na mesma unidade hospitalar nessa quarta-feira, 22. Ambos sucumbiram às complicações da pneumonia, em meio a um contexto de preocupação com síndromes respiratórias na região, onde o H1N1 e a Covid-19 são os principais vírus circulantes.

A situação se agrava com a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Juruá atingindo 80%, com 8 dos 10 leitos ocupados. A coordenadora da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) no Vale do Juruá, Diani Carvalho, informa que a maioria dos pacientes na UTI apresenta traumas decorrentes de acidentes de trânsito, casos neurológicos e cardiológicos, com apenas um caso de síndrome respiratória aguda.

Apesar do aumento nas internações devido a síndromes gripais, os números estão dentro do esperado para esta época em comparação com o ano anterior. Ainda assim, a atenção à saúde respiratória é crucial, especialmente para crianças. O secretário Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul, Áureo Neto, destaca a importância de os pais estarem atentos aos sintomas de gripe em seus filhos e buscar assistência médica imediata diante de qualquer sinal de agravamento.

Continua depois da publicidade

As orientações para a população incluem medidas preventivas como evitar aglomerações, permanecer em casa quando doente, manter a higiene das mãos e priorizar a vacinação. A conscientização e a pronta busca por cuidados médicos são fundamentais para proteger a saúde das crianças e da comunidade em geral.

Propaganda
Advertisement