Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

Ibama destrói pista de pouso clandestina na Terra Yanomami em operação contra garimpo ilegal

Publicado em

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realizou uma importante operação na última sexta-feira (3), destruindo uma pista de pouso clandestina utilizada por garimpeiros ilegais na Terra Indígena Yanomami.

A ação ocorreu durante a noite, na região do Samaúma, no município de Alto Alegre ao Norte, em Roraima, que é uma das rotas frequentemente utilizadas para acessar garimpos ilegais.

Imagens registradas mostram uma retroescavadeira desmantelando pelo menos uma pista clandestina. O objetivo principal dessa ação é interromper o fluxo logístico que apoia as atividades de garimpo, principalmente através do transporte aéreo, que é o meio mais comum de acesso a essas áreas de difícil alcance.

Continua depois da publicidade

Durante os últimos cinco dias, a Operação Catrimani II, coordenada pelas Forças Armadas, destruiu dois acampamentos e equipamentos usados por garimpeiros ilegais dentro da terra indígena. As ações ocorreram nas proximidades do Rio Couto Magalhães. Os militares encontraram e inutilizaram dispositivos de comunicação utilizados para auxiliar pousos e decolagens de aeronaves nas pistas clandestinas.

Além disso, oito motores, duas motobombas, dois geradores, duas motosserras, uma espingarda, um servidor de internet, um motor de embarcação e quatro refletores para trabalhos noturnos foram apreendidos e inutilizados. Essa operação representa um importante passo no combate ao garimpo ilegal e na proteção da Terra Indígena Yanomami.

Propaganda
Advertisement