Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

No PAC, ministro anuncia R$ 1,4 bilhão de investimentos no RS

Publicado em

O ministro das Cidades, Jader Filho, disse que o Rio Grande do Sul será contemplado com 36 projetos, no valor de R$ 1,4 bilhão, no Novo PAC Seleções, lançado nesta quarta-feira (8/5), no Palácio do Planalto.

“Agora, nessa seleção, o Rio Grande do Sul foi favorecido com 36 projetos, no valor de R$ 1,4 bilhão”, afirmou. Um dos cinco eixos de obras escolhidas é o de prevenção a desastres naturais, com ênfase na contenção de encostas. Esse investimento será de R$ 1,7 bilhão ao todo.

Em meio à tragédia no Rio Grande do Sul, provocada por fortes chuvas, o Palácio do Planalto havia anunciado preferência de atender “todas as propostas” do estado para a contenção de encostas.

Continua depois da publicidade

“Vamos também nas próximas semanas dialogar com prefeitos e o governador Eduardo Leite para novas obras de prevenção, tanto na contenção de encostas quanto na drenagem. Presto mais uma vez solidariedade ao povo do Rio Grande do Sul”, completou Jader.

O ministro Rui Costa, da Casa Civil, revelou que o governo está trabalhando em um projeto de linha de crédito e, se tiver aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deve ser anunciado ainda na quinta-feira (9/5).

“Amanhã deve ter anúncio de financiamento, linhas de crédito como o que foi feito no episódio passado, para que o Rio Grande do Sul possa se reerguer e a economia possa voltar. Ontem fizemos até tarde da noite, hoje vamos apresentar ao presidente e batido o martelo, ele deve anunciar”, afirmou.

No total, o investimento da nova rodada do PAC será de R$ 18,3 bilhões e atuará nos seguintes temas:

Prevenção a Desastres Naturais: Contenção de Encostas (R$ 1,7 bilhão);
Abastecimento de Água – Rural (R$ 400 milhões);
Periferia Viva – Urbanização de Favelas (R$ 5,3 bilhões);
Regularização Fundiária (R$ 313 milhões);
Renovação de Frota (R$ 10,5 bilhões).

Serão 532 municípios contemplados com as melhorias, com foco no aumento de qualidade de vida no campo e nas cidades.

Propaganda
Advertisement