Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

RS: 2 pessoas morrem durante transferência de hospital após temporais

Publicado em

Duas pessoas que estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), no Rio Grande do Sul, morreram durante evacuação do prédio nesse sábado (4/5). Inicialmente, a informação era de que nove pacientes faleceram na transferência, mas o rumor foi descartado.

Os dois pacientes estavam em situação gravíssima e não resistiram, segundo o prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PSD). Um deles teve morte cerebral e, durante a transferência ao Hospital Universitário, faleceu. O outro estava internado com múltiplas fraturas causadas pela queda do quarto andar de um prédio.

“Nós tivemos, na verdade, dois óbitos. Um óbito de pessoa que estava em morte cerebral e que, nesta transferência, veio a falecer. Uma outra pessoa que se jogou do quarto andar do prédio e, em razão das múltiplas fraturas pela gravidade da situação, nessa transposição acabou falecendo”, comunicou o prefeito em vídeo publicado nesse sábado. Assista:

Continua depois da publicidade

Jairo Jorge informou que 11 pacientes que estavam na UTI do hospital foram transferidos com sucesso. O HPSC fica em Mathias Velho, bairro inundado pela água após o rompimento de um dique. Na região, moradores tiveram de ser resgatados com auxílio de embarcações.

O prefeito da cidade disse que pediu ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), ajuda para resgatar 600 famílias abrigadas em uma igreja. Ele também solicitou o envio de mais embarcações e helicópteros para o salvamento da população prejudicada pelos temporais.

Em Canoas, 180 mil pessoas, mais da metade da população, foram atingidas pelos estragos provocados pelas fortes chuvas. “Mais da metade da cidade foi praticamente destruída com as águas. Temos famílias que estão, hoje, nos telhados”, disse Jairo Jorge.

Em todo o Rio Grande do Sul, 66 óbitos foram confirmados e 101 pessoas estão desaparecidas após os temporais. O governo gaúcho informou que 707.190 pessoas foram afetadas no estado.

Propaganda
Advertisement