Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

CIDADES

Seca prolonga viagem pelo Rio Juruá, impactando comércio local no Acre

Publicado em

A escassez de chuvas na região do Rio Juruá tem gerado sérias consequências para o transporte fluvial e o abastecimento do comércio em Porto Walter. O baixo nível da água resultou no encalhe de seis embarcações que transportavam mercadorias essenciais para a região, prolongando drasticamente o tempo de viagem de 9 horas para até 5 dias.

José Francisco Gonçalves Pinheiro, comerciante local especializado em açougue e frios, expressa sua preocupação diante da situação desafiadora. Ele relata que as dificuldades têm se intensificado, com embarcações ficando presas por dias no rio. O aumento dos custos de transporte imposto pelos proprietários das embarcações tem agravado a situação, resultando na chegada de produtos deteriorados em Porto Walter.

A situação precária levou cerca de 40 moradores a tomarem uma atitude extrema: abrir manualmente um ramal de 90 quilômetros que conecta Porto Walter a Rodrigues Alves e Cruzeiro do Sul. Essa medida foi adotada como resposta à falta de produtos na região. No entanto, vale ressaltar que tal intervenção enfrenta questões legais, uma vez que o trecho em questão foi fechado por determinação judicial devido à ausência de licenciamento ambiental adequado.

Continua depois da publicidade

A comunidade local enfrenta um desafio complexo diante da interrupção das viagens fluviais e da escassez de mercadorias essenciais. A situação evidencia a necessidade de soluções emergenciais e sustentáveis para garantir o abastecimento e o desenvolvimento econômico da região afetada pela seca no Rio Juruá.

Propaganda
Advertisement