Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Cineasta acreano registra legado do Padre Paolino em novo documentário

Publicado em

O cineasta e jornalista Márcio Levi embarcou em um novo projeto cinematográfico para registrar o legado do Padre Paolino Baldassari no estado do Acre. O documentário, intitulado “Padre Paolino Baldassari Vive”, teve início das gravações nesta segunda-feira (15).

A obra audiovisual trará depoimentos emocionantes e imagens inéditas, revelando o trabalho social realizado pelo padre em diversas comunidades do estado, incluindo áreas rurais, aldeias indígenas e regiões periféricas das cidades acreanas, com destaque para Sena Madureira, onde ele residia.

O documentário é fruto de uma parceria entre Márcio Levi e o jornalista Marcio Farias, que acompanhou de perto por décadas as missões do padre e registrou momentos preciosos que até então não haviam sido divulgados publicamente.

Continua depois da publicidade

“O Marcio Farias é um amigo que teve o privilégio de testemunhar as muitas missões do padre em diversos lugares de nossa região. Ele registrou momentos que nunca foram compartilhados. Temos o desafio e a responsabilidade de produzir um filme que retrate o belo trabalho realizado por Paolino em vida”, comentou Levi.

A produção do documentário encontra-se em fase inicial e ainda não há previsão para o lançamento. O projeto recebe financiamento do Governo Federal por meio da Lei Paulo Gustavo, que busca fomentar e apoiar obras audiovisuais de relevância cultural.

A expectativa é que o documentário “Padre Paolino Baldassari Vive” seja uma forma de preservar a memória e o legado deste dedicado religioso, cujo trabalho impactou positivamente a vida de muitas pessoas no Acre. Através dessa obra, o público poderá conhecer mais profundamente a história e a grandeza do trabalho social realizado por Padre Paolino.

Propaganda
Advertisement