Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Day McCarthy ofende juiz e confessa xingamentos, diz defesa de Gagliasso

Publicado em

Bruno Gagliasso entrou na Justiça contra Day McCarthy por racismo Imagem: Reprodução/Instagram

O encontro na Justiça entre Bruno Gagliasso e Day McCarthy, que aconteceu na tarde de ontem 09/05, terminou com a socialite ofendendo o juiz e abandonando a audiência, segundo conta a advogada do ator, Juliana Souza.

O processo está em segredo de Justiça e os detalhes não podem ser comentados. No entanto, a defesa do ator está confiante em uma sentença positiva.

“Estou no caso há mais de 4 anos e a família espera por Justiça há quase 7. Hoje é um dia importante, histórico. A minha avaliação é de que ficou mais do que demonstrado a postura da ré. Ela confessou em diversos momentos as práticas e tentou justificar o injustificável. A ré ofendeu o juiz e abandonou a audiência depois disso”, conta a advogada.

Continua depois da publicidade

A defesa da família de Gagliasso afirma: “Esperamos em breve uma sentença exemplar para que todos entendam que o crime de racismo não compensa no Brasil. Nós nos importamos com as crianças negras e casos como este não serão tolerados. Eu sou uma mulher que já foi uma criança negra. Sofri racismo a minha vida inteira. Sou advogada, mulher e pessoa preta. Hoje é um dia importante para nós. Quero acreditar que é um sinal de novos tempos”.

‘A audiência desandou’

O advogado de Day McCarthy comentou 0 caso. Gil Ortuzal, defesa na ação criminal, falou:

“A audiência de hoje foi inusitada, diferente de tudo que já vivenciei na advocacia criminal. Não concordamos com racismo, nem qualquer tipo de preconceito. Fizemos uma defesa extremamente técnica, no entanto a audiência desandou durante o depoimento da minha cliente. Devido sigilo não posso comentar o ocorrido. O juiz determinou prazo para alegações finais do Ministério Público e defesa. Creio que a sentença será proferida em breve. O ocorrido foi lamentável, mas seguiremos firmes na defesa técnica”.

Relembre o caso:

A socialite Dayane Alcantara Couto de Andrade, conhecida como Day McCarthy, foi denunciada por Bruno Gagliasso e Gio Ewbank em 2017. À época, ela publicou um vídeo no Instagram com ofensas racistas contra Titi, que tinha 4 anos.

Continua depois da publicidade

No vídeo, Day McCarthy se revolta afirmando que as mesmas pessoas que a criticam pela sua aparência (por não ter olhos azuis e nariz fino) vão ao Instagram de Gagliasso e Ewbank e elogiam a filha do casal, que é negra.

Ator falou do caso, em novembro de 2017, ao deixar a delegacia. “Ela é uma criminosa, precisa pagar pelo que fez. Estou aqui porque ela disse que está em outro país. Conversando com a delegada, ela disse que é muito importante fazer isso porque é crime em qualquer lugar do mundo e ela vai responder por isso”.

Os pais de Titi acionaram a Justiça que, no dia 6 de fevereiro de 2024, condenou Day a pagar indenização que, segundo defesa de Bruno e Giovanna, deve superar os R$ 500 mil, pois irá passar por correção monetária.

O TJ entendeu que o caso ultrapassou o “racismo estrutural” e que as ofensas foram cruéis. “Pode-se concluir pela incidência dos danos morais em questão”, diz um dos trechos da sentença.

Propaganda
Advertisement