Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Eleita ‘mulher perfeita’: quem é influencer que sofreu agressão do namorado

Publicado em

Janaína Prazeres, 35, relatou que sofreu uma tentativa de feminicídio do namorado, Kalel dos Santos Dias, em Paris. A modelo mostrou o rosto com hematomas e contou, em entrevista ao Encontro (Globo) nesta quinta (30), que sofreu fraturas no nariz, no maxilar e na órbita ocular esquerda.

Mas, quem é Janaína?

Influenciadora, Janaína foi eleita a “mulher perfeita” pela revista “Playboy” da Noruega.

Continua depois da publicidade

Ela também chamou atenção ao revelar que já investiu R$ 300 mil em cirurgias plásticas. A influenciadora já passou por lipoaspiração, lipo HD, remoção de osso da costela, duas cirurgias no nariz, rinoplastia secundária, próteses mamárias, bioplastia nos glúteos, bioplastia facial, implante hormonal, além de uso de fios se sustentação e cuidados com medicina integrativa.

Janaina também desfilou como musa da Acadêmicos do Tatuapé no Carnaval deste ano. Ela viralizou ao contar que gastou mais de R$ 100 mil em sua fantasia, e também por ter decidido fazer um processo de soroterapia para tentar aumentar a imunidade e, consequentemente, melhorar o seu desempenho no desfile.

Em março, Janaína se presenteou com uma aliança de noivado avaliada em R$ 400 mil. Segundo Janaina, o intuito foi mostrar-se suficiente para si mesma e comprovar a sua independência.

Relato de agressão

A agressão aconteceu no dia 14 de maio, durante viagem à França. Janaína contou que estava separada de Kalel dos Santos Dias porque ele tinha crises de ciúme. Segundo ela, durante a separação, ele começou a usar drogas. Em dezembro, ele entrou em contato dizendo que estava muito mal e ameaçou suicídio — preocupada, Janaína se reaproximou e teve a ideia de convidá-lo para uma viagem a trabalho à França, pensando que lá ele não teria acesso a drogas.

Chegando lá, o namorado teve crises de insônia e passou a alucinar. Janaína acredita que se tratava de uma crise de abstinência: “A situação estava tão difícil que a gente ia dormir e ele perguntava para mim com quem eu estava dormindo, com quem eu estava falando na outra dimensão, porque ele não confiava”. No dia da agressão, Kalel iniciou uma briga exigindo que ela abandonasse a carreira de modelo.

Continua depois da publicidade

Ele já retornou dando socos na própria cabeça. Eu ajoelhei no chão, pedi por favor para parar, falei que estava do lado dele. Ele não parava. Eu falei: só não se machuca. Ele respondeu: já que eu não posso me machucar, vou machucar você
Janaína Prazeres

Ele sufocou Janaína, que desmaiou. Ela diz que acordou e viu os lençóis manchados com seu próprio sangue, implorou para o namorado parar e disse que estava prestes a morrer. “Aí ele respondeu: vai tomar banho, tira esse sangue, olha o que você fez”, conta. Quando ela voltou do banho, pensando numa forma de pedir socorro, ele a nocauteou de novo.

Eu apaguei e achei que tinha morrido. Não sei quanto tempo se passou, acordei no pé da cama pelada, de bruços, com a cabeça para baixo. Ele andando de lá para cá falando: por que você não morre, sua desgraçada?
Janaína Prazeres

Janaína conseguiu fugir quando ele estava no banheiro e pediu ajuda a um funcionário do hotel, que a escondeu na cozinha. A polícia foi acionada e deteve o namorado enquanto Janaína era socorrida. Ela sofreu fraturas no nariz, no maxilar e na órbita ocular esquerda. A modelo teve a visão do olho esquerdo comprometida e, três dias depois da agressão, retornou ao Brasil, onde passou por cirurgias de reconstrução da face.

Propaganda
Advertisement