Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Ex de Neymar diz que Endrick quebrou regras do “contrato” de namoro

Publicado em

Fernanda Campos, que ficou famosa após um affair com Neymar, expôs outro jogador de futebol. A modelo do OnlyFans mostrou uma suposta curtida de Endrick em uma foto sensual no Instagram, o que levaria o atleta a quebrar o contrato do namoro que tem com Gabriely Miranda.

“Não tem jeito, todo mundo quer ver o que o ‘menino Ney’ viu, é uma loucura! Não faço de propósito e não provoco, são eles que procuram, estou apenas fazendo o meu trabalho”, declarou Fernanda, que já interações de James Rodríguez e de Lionel Messi em suas fotos.

Fernanda ainda comentou sobre o contrato firmado por Endrick e Gabriely. “Achei uma ótima ideia esse negócio de contrato de namoro. Agora ela tem direito a escolher um presente. No lugar dela eu aproveitaria para pedir algo bem caro”, encerrou.

Continua depois da publicidade

De acordo com o casal, quem descumprisse uma regra do namoro teria que dar um presente para o outro, que escolheria o que gostaria de receber.

Endrick e Gabriely: namoro tem um contrato e foi iniciado por aposta

O relacionamento de Endrick e Gabriely Miranda virou um dos assuntos mais comentado nas redes sociais nos últimos tempos por conta da diferença de idade entre eles. O jogador do Palmeiras, que está prestes a se mudar para a Europa e atuar pelo Real Madrid, tem apenas 17 anos e a namorada, 21.

O casal participou do Pod Delas, apresentado por Boo Unzueta e Tata Estaniecki, na sexta-feira (12/4), e revelou muitos detalhes da relação, inclusive que tudo começou com uma aposta entre o atleta e seus amigos, e a realização de um “contrato” entre os pombinhos.

“A gente tem um contrato de namoro, mas não é um contrato de tempo, gente. Tem e-mail, RG, assinatura dele, minha assinatura”, começou Gabriely Miranda, que leu parte das cláusulas no ar.

Em seguida, Endrick relatou que não entendeu o que ela estava fazendo: “Na hora que ela estava fazendo, achei que estava muito p* comigo, porque demorou uma hora, não me respondia… do nada, ela mandou um contrato. Ela realmente fez um contrato”, afirmou ele.

Apesar da “seriedade” do assunto, os dois garantiram que tudo não passa de uma brincadeira, mas que ambos cumprem tudo o que está no documento e quem sai da linha é “multado”: “Quem não cumpre com isso, chega no final do mês tem que dar o que o outro quer. Tipo assim, eu pedi um fone da Apple e ela me deu”, declarou o jogador.

Continua depois da publicidade

Gabriely, então, leu o início do contrato, que garante que os namorados “em comum acordo, estabelecem os termos e condições deste contrato de namoro, firmando como instrumento de registro de seus compromissos durante o período de relacionamento afetivo”.

Logo depois, a moça detalhou as cláusulas. A primeira cláusula define que eles estão em um “relacionamento afetivo voluntário”, baseado em “respeito, compreensão e carinho”. Na seguinte, os pombinhos concordam que é extremamente proibido adquirir qualquer tipo de vício e “a mudança de personalidade e comportamento”.

O contrato acordo entre os dois também diz que o casal tem que “sair da rotina e criar alguma coisa para fazer juntos durante a semana”; que dizer “eu te amo é obrigatório em qualquer situação” e que algumas palavras são proibidas, como “hum”, “aham”, “tá”, “beleza” e “kkk” (quatro pode, três não).

Outras atitudes “cobradas” no documento são: “Sempre andar de mãos dadas em qualquer situação”; a proibição de “discutir e brigar na frente dos outros”; o comprometimento com “uma relação aberta e honesta, compartilhando pensamentos, sentimentos e preocupações sempre”; e a “exclusividade afetiva, não mantendo relacionamento romântico ou íntimo com terceiros ou pessoas que já se relacionaram no passado”.

Logo depois, Endrick contou que o namoro começou com uma aposta: “Eu não seguia ela. Eu tinha um amigo que jogou futebol na base do São Paulo, e ela morava em Cotia. Ele conhecia ela da escola. Eu falava para meus amigos como gostava de uma menina: loira, de olho azul… Aí, ele falou: ‘Tenho uma menina, mas ela é difícil, duvido tu pegar’. Ela virou uma aposta no começo de tudo. Falei: ‘Vou conseguir’. E ela já me seguia”, lembrou o rapaz

Gabriely Miranda contou, ainda, que no começo não tinha qualquer sentimento: “Eu sempre comentava nas coisas do Palmeiras e teve um dia em que ele me seguiu. Eu tinha uma admiração, mas não tinha interesse. Era como fã dele. Aí, ele perguntava: ‘Quer ir no jogo?’. Não estava fazendo nada, então aceitei. Eu, meu pai, minha irmã e meu tio fomos várias vezes, mas ainda sem nada, o Endrick nunca tinha dado ideia. Aí, a gente começou a conversar e eu falava da minha vida, chorava, comentava de outras pessoas… Era uma amizade real”, detalhou ela.

E continuou: “Aí, teve um dia que ele me chamou para viajar. A gente nunca tinha trocado ideia. A gente foi, pegou helicóptero. […] Deu certo, mas ele cagou para mim. Fui com toda a família. Ficava eu e a mãe dele enquanto ele dormia. Chegando lá, continuou cagando para mim, mas era muito fofo, puxava a cadeira para mim… Depois, começou a dar atenção. […] Estávamos jogando e abracei ele, depois ele botou a mão na minha perna”, recordou a moça.

Endrick relatou que não acreditava no namoro: “De noite, a gente foi para a vila. Ela abriu a mão e eu entrelacei. Eu não ia tentar beijar ela, achava que não ia rolar. Mas aí, estávamos deitados, olhei, ela olhou… E ela veio. Os meus pais achavam que eu ficava com ela há muito tempo”, contou.

No Twitter, os internautas comentaram as declarações dos dois sobre o contrato: “Contrato de namoro protege o patrimônio dele”, opinou um. “Tomara que leve todo o dinheiro dele”, desejou outro. “Moleque tem 17 anos, tá com uma loira de 21. Não tem como esse moleque não ser dominado, pai. Você também seria. Lá na frente ele aprende kkkk”, analisou um terceiro. “Mas que car*lhos, alguém chama o Conselho Tutelar”, pediu mais um.
Propaganda
Advertisement