Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

ENTRETENIMENTO

Ex-funcionários revelam maus-tratos em casa de Gal Costa

Publicado em

Luciana de Souza Santos e Ed Wilson, dois ex-funcionários da casa de Gal Costa, entraram com processos trabalhistas que ultrapassam R$ 1 milhão contra o espólio e Wilma Petrillo, viúva da cantora. Em conversa com o Domingo Espetacular, da Record, eles alegaram maus-tratos e irregularidades na relação profissional.

“Muito humilhante. A pessoa está com fome, não pode comer. Com um monte de comida lá, não pode comer”, desabafou a mulher.

Essas ações podem afetar o espólio da cantora. Os processos envolvem seguro desemprego, reajuste salarial, pagamento de 13º salário, férias e horas extras. Apenas a ação movida por Luciana pede uma indenização de pouco mais de R$ 832 mil.

Continua depois da publicidade

Além da revelação quanto às condições de trabalho na casa de Gal Costa, a mulher afirmou nunca ter visto “uma demonstração de carinho” entre a cantora e Wilma Petrillo, viúva da artista.

Nesta semana, a Polícia Civil de São Paulo também concluiu o inquérito que apurava a morte da cantora, que morreu em novembro de 2022, aos 77 anos. caso foi conduzido pelo 15º Distrito Policial, localizado no Itaim Bibi, e o relatório foi apresentado ao Ministério Público nesta segunda-feira, 1º, sem indiciamentos.

 

Propaganda
Advertisement