Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Justiça impõe à ex-empregada vistoria no imóvel de Paula Lavigne

Publicado em

A treta envolvendo Paula Lavigne, esposa de Caetano Veloso, e a ex-governanta Edna Santos ganhou mais um episódio. Desta vez, a ex-contratada da empresária havia pedido uma liminar para impedir que ela entrasse no apartamento, de sua propriedade.

De acordo com o colunista Daniel Nascimento, a autora da ação pediu à Justiça que impedisse a entrada de Paula, Caetano Veloso e qualquer outra pessoa ligada aos dois até que ela desocupasse o imóvel em que está vivendo, com autorização judicial.

Segundo os autos, detalhados pelo jornalista, a defesa de Edna Santos afirmou que a cliente teme ser prejudicada pela presença de algum deles, já que Paula Lavigne é “instável e dada a rompantes” e que, inclusive, confiscou o telefone celular que Edna utilizava em regime de comodato sem qualquer aviso prévio para que ela retirasse suas informações pessoais da memória.

Continua depois da publicidade

Com isso, o casal não poderá entrar no imóvel, localizado em Ipanema, até a próxima quinta-feira (6/6), quando a ex-funcionária deve deixar o local. Caso Paula Lavigne e Caetano Veloso descumpram a medida judicial, a multa é de R$ 1 mil por dia.

Propaganda
Advertisement