Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ENTRETENIMENTO

Mãe de Luana Piovani compra briga com Neymar: “Não tem argumentos”

Publicado em

Depois de Luana Piovani detonar Neymar por conta de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que tem por objetivo “privatizar” algumas praias do nordeste, a mãe da atriz resolveu comprar briga com o jogador. Francis Piovani usou as redes sociais para criticá-lo. “Não tem argumentos”, disse.

“É impressionante como, quando as pessoas não têm argumentos, prefere ofender. Chamam de ‘velha’, ‘mal amada’. Isso é falta de argumento. Não entendo por que o senhor Neymar ficou tão revoltado. Bastava dizer que não iria construir o resort, mas ele preferiu ofender a Luana”, ressaltou.

Num vídeo, a matriarca destacou o papel de Neymar como pai, mas lembrou que isso não é o suficiente. “Sabemos que ele paga uma pensão enorme, que para ele é como gorjeta. Ser pai é mais que isso. Não quero dizer que ele não seja, porque não sei”, comentou.

Continua depois da publicidade

E afirmou que o atleta deveria usar a influência que tem para disseminar causas importantes: “Mas a questão é: como alguém que veio da periferia, de uma família pobre, pode querer privatizar praias? Convido o senhor Neymar a unir forças com seus fãs para assinar a petição contra a privatização das praias”.

Francis, que é advogada, relembrou alguns episódios polêmicos envolvendo o boleiro, como as traições enquanto estava namorando com Bruna Biancardi e a participação em orgias. “Não me lembro de vê-lo tão revoltado com esses casos”, frisou.

Francis Piovani finalizou elogiando a postura da filha com relação a expor que Neymar estava defendendo a PEC. “Se não fosse a Luana denunciar publicamente, quantas pessoas saberiam do que se trata a PEC?”, concluiu.

Nos comentários, os internautas apoiaram o desabafo de Francis. “Se não é boca de Luana, ia passar batido fácil”, opinou uma pessoa. “Ainda bem que Luana botou a bica no trombone”, falou mais uma. “Sempre muito coerente em tudo que fala. Parabéns pela explicação!”, observou um terceiro.

 

Propaganda
Advertisement