Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

ESPORTES

‘Batismo aconteceu’: Casal de brasileiros encontra aranha ‘gigante’ em banheiro na Austrália

Publicado em

O casal de brasileiros Victoria e Gabriel, de 27 anos, que vive na Austrália e mostra o dia a dia no país nas redes sociais, recebeu um “batismo” inusitado: pela primeira vez, eles se depararam com uma aranha “gigante” dentro do banheiro da casa onde moram. O animal, que pode ser assustador para alguns, é uma das espécies de aracnídeo com as maiores patas, mas não chega a ser um dos mais perigosos.

“Bom dia, Austrália! Olha aí quem apareceu! É grande, hein? Algum biólogo aí consegue identificar que aranha é essa?”, disse Gabriel no vídeo publicado no Instagram do casal.

“Depois de um ano e três meses na Austrália, o batismo aconteceu. Fui tomar banho e encontrei essa daqui”, completou Victoria, que pediu para o marido tirar a aranha de dentro de casa.

Continua depois da publicidade

“Segundo nossos seguidores, essa aranha era uma ‘huntsman’. O mais engraçado foi a naturalidade com que muitos afirmavam isso, como se já a reconhecessem de longe, como se fosse algo normal”, disse Victoria em entrevista ao Terra.

A aranha ‘Huntsman’ é chamada de aranha-caçadora-gigante em português, e ganhou esse nome pela forma como se locomove, usando suas longas patas, que podem chegar a 30 centímetros de comprimento.

A brasileira contou ainda que essa foi a primeira vez que se deparou com uma aranha desse tipo, mesmo vivendo no país há algum tempo. “Foi a primeira vez que a gente encontrou uma aranha dentro de casa. Eu nunca tinha encontrado, mas já tinha escutado muitas histórias de pessoas próximas, então sabia que não era nada anormal, só não tinha acontecido comigo”, disse.

Ela relata que foi a primeira a dar de cara com o aracnídeo assim que entrou no banheiro para se arrumar para o trabalho. “Eu fui tomar banho, liguei o chuveiro, mas a vi antes de entrar, graças a Deus”, relembra.

Por sorte, ela conseguiu pedir ajuda ao marido, que, depois do susto, conseguiu usar um pote para pegar a aranha gigante e levá-la embora. “Foi bem tranquilo para ele. Eu não conseguia nem olhar para ela. Mas acho que, por ouvir tantas histórias, a gente meio que já aceitou e conseguiu lidar com um pouco mais de calma”, continua.

Gabriel levou a aranha dentro de um pote até um quintal no condomínio onde o casal vive, e a soltou em segurança.

Continua depois da publicidade

O casal deixou as praias do litoral sul de São Paulo e partiu rumo a Gold Coast, a cerca de mil quilômetros de Camberra, capital da Austrália, em 2023. Os dois mostram a vida fora do país no perfil “Casal Sem Raiz”, no Instagram, para os mais de 50 mil seguidores.

Aranha-caçadora-gigante

A aranha-caçadora-gigante (Heteropoda maxima), ou aranha “Huntsman”, ganhou o nome pela sua velocidade e forma como caça suas presas. A espécie possui a maior envergadura, sendo que o corpo mede cerca de 4,6 centímetros, e as pernas podem chegar a 15 centímetros de comprimento, somando 30 centímetros de diâmetro.

Assim como todas as aranhas, elas possuem veneno, mas não apresentam risco de morte a seres humanos. O veneno serve, principalmente, para paralisar as presas. Uma picada da aranha-caçadora-gigante pode causar sintomas como inchaço local, dores, náusea, dor de cabeça, vômito, pulso irregular, e até efeitos cerebrais causados pela toxina, em casos mais severos.

Não há evidências científicas do que pode fazer com que a aranha pique seres humanos e animais, mas é um fato conhecido que ela pode atacar com agressividade para proteger seus ovos ou filhotes.

Diferentemente de outras espécies de aranhas, a Huntsman não utiliza teias para caçar seus alimentos, e como o seu nome sugere, elas saem para caçar suas presas, sendo muito velozes. Elas se alimentam de insetos e pequenos invertebrados.

Diferentes espécies de aranha-caçadora-gigante existem pelo mundo. O animal está presente em países de clima tropical, com temperaturas mais altas.

 

Propaganda
Advertisement