Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ESPORTES

Brasiliense Renato Moicano entra em ação em card histórico do UFC

Publicado em

Depois de uma luta sangrenta em Las Vegas, o candango Renato Moicano enfrenta o estadunidense Jalin Turner pelos pesos-leves do UFC , neste sábado (13/4), a partir das 19h. O adversário do brasileiro é o top-10 da categoria, mas não assusta Moicano. “Meu sentimento é sempre lutar com riscos, disposto a morrer para vencer”, afirma.

Moicano e Turner estarão no card Preliminar do UFC 300, que ocorre em Las Vegas, nos Estados Unidos. Além do peso-leve de Brasília, seis outros brasileiros vão entrar no octógono. Um deles será Charles do Bronx no card Principal do evento, que será transmitido na plataforma de streaming do UFC, além de Alex Poatan, que encara Jamahal Hill na luta principal da noite.

“O fato de ele ser do top-10 não me intimida. Pelo contrário. Lutar contra os melhores é melhor. Vencê-lo me fará subir de posição. Na última luta, provei que estou preparado para qualquer tipo de cenário. Turner tem uma boa defesa de quedas, mas eu sei como pará-lo”, destaca Renato Moicano.

Continua depois da publicidade

Moicano enfatizou que está disposto a se arriscar no octógono e como perder no UFC é ruim, mas confia no trabalho dele e da equipe. Por outro lado, Turner parece não se preocupar com o brasileiro e questiona sua resistência. “Não sei quão durável ele é”, disse o americano em coletiva de imprensa.

Espontaneidade de Moicano

Além do estilo de luta no chão, Moicano é conhecido por protagonizar momentos descontraídos em entrevistas dentro do octógono. Após vencer o confronto contra Drew Dober, o candango brincou com o fato de seu pai ter mais um filho mesmo após “envelhecer”.

“As brincadeiras são algo espontâneo. Ali no calor do momento muita coisa passa na cabeça e é quando a piada vem à tona. Mas eu não penso assim sempre. À medida que envelheço, me preocupo mais com minha estabilidade financeira. Minha mensagem é sobre responsabilidade e ser dono da própria vida”, afirma o candango.

Moicano é envolvido em projetos sociais que promovem a prática de luta e algumas igrejas do DF para desmistificar a ideia de que as artes marciais são apenas violência. Ademais, ele espera em breve produzir produtos de sua loja Money Moicano no Brasil e vendê-los a preços acessíveis.

Confira o card completo do UFC 300:

UFC 300: Pereira x Hill
Sábado (13/4) – T-Mobile Arena, Las Vegas

Continua depois da publicidade

Card Principal – a partir de 23h no UFC Fight Pass
Cinturão peso meio-pesado (até 92,9 Kg): Alex “Poatan” Pereira x Jamahal Hill
Cinturão peso-palha (até 52,1 Kg): Zhang Weili x Xiaonan Yan
Cinturão BMF peso-leve (até 70,3 Kg): Justin Gaethje x Max Holloway
Peso-leve (até 70,3 Kg): Charles “do Bronxs” Oliveira x Arman Tsarukyan
Peso-médio (até 83,9 Kg): Bo Nickal x Cody Brundage

Card Preliminar – a partir de 19h no UFC Fight Pass
Peso meio-pesado (até 92,9 Kg): Jiri Prochazka x Aleksandar Rakic
Peso-pena (até 65,7 Kg): Calvin Kattar x Aljamain Sterling
Peso-galo (até 61,2 Kg): Holly Holm x Kayla Harrison
Peso-pena (até 65,7 Kg): Sodiq Yusuff x Diego Lopes
Peso-leve (até 70,3 Kg): Jalin Turner x Renato Moicano
Peso-palha (até 52,1 Kg): Jéssica “Bate-Estaca” Andrade x Marina Rodriguez
Peso-leve (até 70,3 Kg): Bobby Green x Jim Miller
Peso-galo (até 61,2 Kg): Deiveson Figueiredo x Cody Garbrandt

Propaganda
Advertisement