Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

ESPORTES

Capitão do Uruguai explica pancadaria com torcida colombiana: ‘Nossas famílias estavam em perigo’

Publicado em

A seleção uruguaia não passou pelos colombianos na última quarta-feira, 10, pela semifinal da Copa América e acabou eliminada da competição pelo placar de 1 a 0. Após o jogo, uma confusão generalizada se instalou dentro de campo, avançando para as arquibancadas.

O tumulto teve início com jogadores da Colômbia provocando os uruguaios no gramado, mas não demorou para se estender até as tribunas, com torcedores colombianos provocando familiares dos jogadores do Uruguai. Com o avanço da confusão, este teria sido o estopim e fez com que o atacante Darwin Nuñez e o zagueiro Ronald Araújo protagonizassem a briga, chegando a trocar socos com os torcedores colombianos.

Após a partida, o zagueiro José María Giménez fez uma declaração sobre o ocorrido, alegando que as famílias dos jogadores da Celeste estariam em perigo.

Continua depois da publicidade

“Nossas famílias estão sofrendo por causa de alguns que tomam dois goles de álcool, que não sabem beber, que se comportam como pessoas sem cérebro. É um desastre”, declarou o capitão uruguaio.A final da Copa América entre Argentina e Colômbia acontece neste domingo, 14, às 21h.

 

Propaganda
Advertisement