Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ESPORTES

Cuiabá vence União Rondonópolis e é tetracampeão seguido do Mato-grossense

Publicado em

É CAMPEÃO! O Cuiabá se sagrou campeão na noite deste sábado (6) ao vencer o União Rondonópolis pela grande final do Campeonato Mato-grossense. Já havia vencido a ida por 1×0 na Arena e voltou a vencer na volta, por 1×0, com gol de Clayson no Estádio Luthero Lopes. Ambos os clubes fizeram as melhores campanhas na primeira fase do Estadual.

Dourado invicto, não perdeu nenhum jogo até a final. O União perdeu o jogo de ida e volta da final, perdendo os 100%.

Foi a 12º final do Cuiabá no Mato-grossense e se sagrou tetracampeão seguido, 2021, 22, 23 e 24, além de tricampeão contra o União, seguido. Desde 2022 que só dá Cuiabá e União na final do Mato-grossense. E em todas as vezes, o Dourado venceu. Em 22, 4×0 na ida e 3×2 na volta. Em 23, 1×0 na ida e 2×0 na volta, garantindo, assim, o bi-campeonato em cima do time de Rondonópolis.

Continua depois da publicidade

É a 12ª final do Cuiabá no Estadual nos últimos 15 anos, e só não esteve presente em 2010, 2016 e 2020. E quando chegou na final, só perdeu a de 2012, para o Luverdense, quando foi vice. Hegemonia do Dourado no Mato-grossense.

O JOGO

O primeiro tempo começou movimentado, com o Cuiabá indo pra cima, mesmo em vantagem, já que venceu a ida por 1×0 e o adversário que precisava reverter o resultado. E quem saiu na frente foi o Dourado, aumentando o placar agregado para 2×0. O União vacilou na saída de bola e deu de bandeja para Derik Lacerda, tabelou com Deyverson, que viu Clayson em ótima posição e chutou, o camisa 25 só fez botar pro fundo do gol de Caio, 1×0 Cuiabá aos 24 minutos da etapa inicial. Mesmo na frente, o Dourado seguia no ataque. Rikelme teve duas chances para ampliar, mas Caio defendeu. O União desperdiçou a melhor chance que teve com Canhoto, que mandou por cima da meta de Walter, assim, 1×0 para os visitantes.

No segundo tempo, o União começou pressionando com Padu, mas não deu em nada a finalização. O Dourado seguia comandando as principais ações da partida, mas não levou tanto perigo ao Caio. No fim, ainda teve Alan Empereur e Jonathan Cafú expulsos por faltas duras. Sem maiores sustos, o Cuiabá venceu por 1×0 com o gol de Clayson e se sagrou tetracampeão do Estadual, de forma seguida e invicta ao vencer no Luthero Lopes, fora de casa.

+ Para saber tudo sobre os Estaduais, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

CAMPANHA ATÉ O TÍTULO DO ESTADUAL

Continua depois da publicidade

O Cuiabá chegou na final após ter feito a segunda melhor campanha da fase de grupos, ficando atrás apenas do próprio adversário na finalíssima, o União. O Dourado fez 19 pontos em nove jogos disputados, com cinco vitórias, quatro empates e nenhuma derrota. Foi direto para a semifinal do Estadual, onde despachou ‘fácil’ o Luverdense. Na ida, venceu por 1×0 e na volta, 4×3, num jogo mais pegado. Na final, derrotou o União na ida por 1×0 e na volta, novamente 1×0, agora fora de casa, conquistando a sua 13ª taça do Mato-grossense de sua história.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Agora, o Cuiabá se prepara para seguir em maratona de jogos. Vai ter confrontos pela frente entre a estreia do Campeonato Brasileiro de 2024, além da semifinal da Copa Verde contra o Vila Nova, as partidas da Sul-Americana e a terceira fase da Copa do Brasil. No meio de semana, já enfrenta o Metropolitanos pela segunda rodada da fase de grupos da Sula. A bola rola na quinta-feira (11), às 19h (de Brasília), no Olímpico de la UCV. Na estreia, ficou no 1×1 contra o Lanús.

 

Propaganda
Advertisement