Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

ESPORTES

Inter perde no fim para o Juventude pelo jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil

Publicado em

Em duelo atrasado por conta das enchentes no Rio Grande do Sul, o Internacional foi mal e perdeu para o Juventude por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Gilberto marcou no primeiro tempo, Enner Valencia igualou o placar, mas Luís Oyama marcou nos acréscimos para o time jaconero. A equipe da casa teve dificuldade para criar, enquanto os alviverdes foram eficazes no ataque e se defenderam bem.

Agora, os times voltam a se enfrentar no sábado, às 16h, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Se o Juve empatar ou vencer, avança para as oitavas de final da Copa do Brasil. O Inter, por sua vez, precisa vencer por um gol de diferença para levar a partida para os pênaltis e dois ou mais para se classificar.

Juve eficiente

Continua depois da publicidade

O primeiro tempo foi de poucas emoções para os dois lados, mas a rede mesmo assim balançou. O Internacional procurou reter a posse de bola para criar as chances e também teve oportunidades com  a bola parada, porém sem sucesso. Enner Valencia jogou para fora e Alan Patrick colocou a bola na trave. Do outro lado, o Juventude buscou os contra-ataques e tinha rapidez na transição das jogadas. Em uma das recuperações, Jean Carlos tocou para Erick Farias, que dentro da área cruzou rasteiro para Gilberto apenas escorar e sair para o abraço.

Intenso

Na volta do intervalo, o time colorado retornou mais incisivo e, logo aos sete minutos, Wesley teve uma oportunidade, mas o goleiro Gabriel defendeu. Mas novamente o Jaconero surpreendeu no contra-ataque. Em rápida transição, Gilberto conseguiu um pênalti após a bola pegar no braço de Vitão. O autor do primeiro gol, aliás, bateu, mas Anthoni pegou a cobrança do artilheiro. Depois disso, a equipe alviverde conseguiu mais duas chances com o camisa 9, porém a defesa colorada afastou os perigos. O Inter, por sua vez, pecou diversas vezes na precisão dos passes e não conseguiu assustar o adversário.

Inter iguala, mas sofre castigo no fim

A equipe de Eduardo Coudet pouco conhecia criar. O pênalti defendido por Anthoni poderia dar ânimo, mas nem isso aconteceu. Os Colorados tinham muita dificuldade para criar. Contudo, em trama que aconteceu raramente, Alan Patrick passou em profundidade para Enner Valencia tocar na saída do goleiro e igualar o jogo. Contudo, por erro de marcação, Luís Oyama colocou o Juve na frente nos acréscimos e garantiu vantagem para a equipe alviverde. Sem chances para o goleiro Anthoni.

INTERNACIONAL 1 X 2 JUVENTUDE

Continua depois da publicidade

3ª fase da Copa do Brasil – Jogo de ida

Data e horário: 10/7/2024

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Gols: Gilberto, 35’/1°t (0-1); Enner Valencia, 28’/2°T (1-1); Luís Oyama, 48’/2°T (1-2)

INTERNACIONAL: Anthoni; Bustos, Vitão, Mercado, Robert Renan; Fernando, Bruno Henrique (Bruno Gomes, 37’/2°T), Alan Patrick; Wesley (Gustavo Prado, 36’/2°T), Wanderson (Alario, 25’/2°T) e Enner Valencia. Técnico: Eduardo Coudet.

JUVENTUDE: Gabriel; João Lucas, Rodrigo Sam, Abner e Alan Ruschel; Caíque, Jadson (Luís Oyama, 24’/2°T), Jean Carlos (Luis Mandaca, 36’/2°T); Lucas Barbosa (Ewerthon, 24’/2°T), Erick e Gilberto (Gabriel Taliari, 36’/2°T). Técnico: Roger Machado.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

VAR: Adriano de Assis Miranda (SP)

Cartão amarelo: Rodrigo Sam, Alan Ruschel, Jadson, Gilberto, Lucas Barbosa (JUV),

Cartão vermelho:

https://www.terra.com.br/esportes/futebol/copa-do-brasil/inter-perde-no-fim-para-o-juventude-pelo-jogo-de-ida-da-3-fase-da-copa-do-brasil,4b317367daaecbeaf448bf89a31d0274sfv8vwyx.html?utm_source=clipboard

Propaganda
Advertisement