Search
Close this search box.
RIO BRANCO

ESPORTES

Paquetá é acusado de manipulação de resultados na Premier League

Publicado em

Esperando definição no caso de manipulação de resultado para poder negociar com o Manchester City, Lucas Paquetá viu sua situação se complicar muito. Ele agora está sendo oficialmente acusado pela Federação Inglesa (FA) por ter forçado cartões em quatro partidas da Premier League. O jogador tem até 3 de junho para dar uma resposta.

“Alega-se que ele procurou influenciar diretamente o progresso, a conduta ou qualquer outro aspecto ou ocorrência nessas partidas, buscando intencionalmente receber um cartão do árbitro com o propósito indevido de afetar as apostas mercado para que uma ou mais pessoas lucrem com apostas”, iniciou a FA.

“O jogador foi acusado de quatro violações da Regra E5.1 da FA em relação à sua conduta nos jogos do clube na Premier League contra o Leicester City, em 12 de novembro de 2022; Aston Villa em 12 de março de 2023; Leeds United em 21 de maio de 2023; e AFC Bournemouth em 12 de agosto de 2023.”

A acusação é a de que o jogador teria agido de má fé em campo para beneficiar um esquema de apostas. A investigação estava em curso desde agosto do ano passado. Agora ele é acusado formalmente pela Federação.

Continua depois da publicidade

Desde que as primeiras informações sobre o caso vieram à tona, Paquetá tem negado envolvimento. Nesta quinta-feira (23/5), ele voltou às redes sociais para fazer um pronunciamento sobre o caso. Confira.

“Estou extremamente surpreso e chateado com o fato de a FA ter decidido me acusar. Cooperei com todas as etapas da investigação e forneci todas as informações que pude durante estes 9 meses. Nego as acusações na íntegra e lutarei com todas as minhas forças para limpar meu nome. Devido ao processo em andamento, não fornecerei mais comentários”, escreveu Paquetá em seu perfil.

Propaganda
Advertisement