Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

ESPORTES

Veja quem são os jogadores, clubes e árbitros citados por Textor em denúncia de manipulação

Publicado em

O relatório publicado nesta sexta-feira, 5, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), concluiu o inquérito que apurava as denúncias de manipulação de resultados feitas por John Textor. O texto classificou o material apresentado pelo dono da SAF do Botafogo como “imprestável” e sugeriu a maior pena na história do tribunal desportivo para o dirigente. Além disso, porém, é possível ver os nomes de times, jogadores e árbitros acusados de manipulação por Textor.

O documento oculta os acusados pelo empresário, mas o texto pode ser selecionado, copiado e colado em outra área. O relatório do STJD aponta como vítimas os times e pessoas citados por Textor com suposto envolvimento nas manipulações. Ao todo, são seis clubes, oito jogadores e nove árbitros.

Textor havia apontado jogos específicos que teriam sido manipulados. Palmeiras x Fortaleza em novembro de 2022, em que o clube paulista venceu por 4 a 0, é o primeiro da lista. Sem conseguir provar, o norte-americano acusou quatro jogadores do Fortaleza. Na época, o clube “as afirmações, proferidas sem a apresentação de quaisquer provas, maculam a reputação de nossa instituição centenária e geram graves danos de imagem do clube.”

Continua depois da publicidade

Outra partida mencionada é a goleada de 5 a 0 do Palmeiras em cima do São Paulo, em outubro de 2023. Sete jogadores foram apontados no relatório que o empresário encomendou da Good Game, empresa que busca analisar possíveis irregularidades em esportes.

O São Paulo se manifestou mais de uma vez sobre o caso. Em uma delas, a nota publicada pelo clube dizia esperar que “o Botafogo, um clube protagonista na história do esporte, resolva suas diferenças e cure feridas esportivas dentro de campo”. O Palmeiras também repudiou as acusações, principalmente por meio de falas da presidente Leila Pereira.

Para o STJD, Textor contratou os serviços da Good Game “a pretexto de forjar pretensas provas acerca de falsas manipulações de partidas, em prejuízo dos direitos das pessoas físicas e jurídicas injustamente por ele acusadas”.

Clubes acusados

  • Palmeiras
  • Grêmio
  • Bahia
  • Flamengo
  • Atlético Mineiro
  • São Paulo

Jogadores acusados

Diego Costa (São Paulo)
Gabriel Neves (São Paulo, hoje no Independiente-ARG)
Lucas Beraldo (São Paulo, hoje no Paris Saint-Germain)
Rafinha (São Paulo)
Caio Paulista (São Paulo, hoje no Palmeiras)
Juninho Capixaba (Fortaleza, hoje no Red Bull Bragantino)
Tinga (Fortaleza)
Marcelo Benevenuto (Fortaleza, hoje no Coritiba)

Árbitros acusados

Continua depois da publicidade

Wilton Pereira Sampaio
Raphael Claus (duas vezes)
Ramon Abatti Abel
Rodrigo José Pereira de Lima (duas vezes)
Braulio da Silva Machado (três vezes)
Rafael Rodrigo Klen
Rafael Traci
Wagner Nascimento Magalhães
Sávio Pereira Sampaio

O inquérito foi aberto após Textor afirmar ter provas de manipulação em jogos do Campeonato Brasileiro, a pedido da Procuradoria Geral da Justiça Desportiva, do Palmeiras, do São Paulo, do Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo e da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol para a investigar as alegações de manipulação feitas pelo dirigente do Botafogo.

 

Propaganda
Advertisement