Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

ADEUS R$ 600 “seco”: Nova lei do Bolsa Família chega com tudo em MAIO com novo valor do benefício para NIS final 7,2,0,9,4,5,8,3,6,2 e 1

Publicado em

Bolsa Família, o principal programa social do governo brasileiro, está prestes a passar por uma transformação significativa.

Com a entrada em vigor de uma nova lei em maio, o valor mínimo do benefício será aumentado, trazendo alívio financeiro para milhões de famílias em situação de extrema pobreza e baixa renda em todo o país.

Além disso, novos valores extras serão adicionados, impulsionando ainda mais o apoio oferecido pelo programa.

Continua depois da publicidade

Veja os detalhes dessa nova lei, analisando os novos valores do Bolsa Família, o calendário de pagamentos e as mudanças que irão impactar diretamente a vida de seus beneficiários.

Vamos mergulhar fundo nessas informações e entender como essa evolução do programa pode fazer a diferença na realidade de dezenas de milhões de brasileiros.

O Bolsa Família

Em suma, o Bolsa Família é um dos programas sociais mais importantes do Brasil, atendendo a milhões de famílias em situação de vulnerabilidade econômica.

Desde sua criação, o programa tem desempenhado um papel fundamental na redução da pobreza e na promoção da segurança alimentar e nutricional em todo o país.

Atualmente, o Bolsa Família conta com uma base de beneficiários impressionante, alcançando aproximadamente 56 milhões de Cadastros de Pessoas Físicas (CPFs) em todo o território nacional.

Essa ampla cobertura demonstra a relevância do programa e sua capacidade de atender às necessidades das famílias mais carentes.

Além de fornecer um auxílio financeiro mensal, o Bolsa Família também incentiva o acesso à saúde e à educação, por meio de condicionalidades que os beneficiários devem cumprir.

Essa abordagem holística tem se mostrado eficaz na melhoria das condições de vida das famílias participantes, contribuindo para a redução da pobreza e da desigualdade social no Brasil.

A Nova Lei do Bolsa Família

De acordo com o especialista Saulo Moreira, do site Revista dos Benefícios, com a entrada em vigor da nova lei do Bolsa Família em maio, o programa passará por uma série de alterações que beneficiarão diretamente seus beneficiários. Vamos explorar os principais pontos dessa transformação:

O valor mínimo do Bolsa Família, que até então era de R$600, será substituído por um novo patamar, trazendo alívio financeiro para milhões de famílias.

Essa mudança representa um avanço importante no apoio oferecido pelo programa, ampliando seu alcance e seu impacto na vida dos beneficiários.

Além do aumento no valor mínimo, a nova lei do Bolsa Família também prevê a adição de novos valores extras, beneficiando famílias com crianças, adolescentes e gestantes.

Esses valores adicionais irão impulsionar ainda mais o pagamento final recebido pelos beneficiários, proporcionando um suporte ainda mais abrangente.

  • Benefício de Renda de Cidadania: Esse benefício é destinado às famílias que se encontram em situação de extrema pobreza e recebem o Bolsa Família. Ele consiste em um valor adicional de R$ 142 por membro familiar;
  • Benefício Complementar: Esse benefício é destinado às famílias que, mesmo recebendo o Bolsa Família, não atingem o valor total de R$ 600 em benefícios. Ele complementa o pagamento para que a família atinja esse valor;
  • Benefício Primeira Infância: Esse benefício é destinado a famílias com crianças de zero a sete anos. Ele disponibiliza um valor mensal de R$ 150 para cada criança nessa faixa etária;
  • Benefício Variável Familiar: Esse benefício é destinado a gestantes e jovens de 7 a 18 anos. Ele oferece uma parcela extra de R$ 50 por mês para cada gestante e jovem da família;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Esse benefício é destinado a famílias com membros com até sete meses de idade. Ele oferece um valor adicional de R$ 50 por mês para cada membro familiar nessa faixa etária;
  • Benefício Extraordinário de Transição: Esse benefício garante que nenhum beneficiário receba um valor inferior ao subsídio no Auxílio Brasil. Ele estará disponível até maio de 2025.

Essas novidades representam um passo importante na ampliação do apoio oferecido pelo Bolsa Família, atendendo de forma mais efetiva às necessidades específicas de cada grupo familiar.

Calendário de pagamentos

Apesar das mudanças no valor do benefício, o calendário de pagamentos do Bolsa Família permanecerá inalterado. Os repasses serão feitos nos últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

Veja as datas de pagamento de maio a seguir:

  • 17 de maio – NIS final 1;
  • 20 de maio – NIS final 2;
  • 21 de maio – NIS final 3;
  • 22 de maio – NIS final 4;
  • 23 de maio – NIS final 5;
  • 24 de maio – NIS final 6;
  • 27 de maio – NIS final 7;
  • 28 de maio – NIS final 8;
  • 29 de maio – NIS final 9;
  • 31 de maio – NIS final 0.

Impactos e benefícios da Nova Lei do Bolsa Família

A implementação da nova lei do Bolsa Família trará uma série de impactos positivos para os beneficiários e para a sociedade como um todo. Vamos explorar alguns desses efeitos:

O aumento no valor do benefício e a adição de novos valores extras irão proporcionar um alívio financeiro significativo para as famílias participantes.

Isso se traduzirá em melhores condições de alimentação, moradia, saúde e educação, impactando diretamente a qualidade de vida dessas pessoas.

Com o fortalecimento do Bolsa Família, espera-se uma aceleração no processo de redução da pobreza e da desigualdade social no Brasil.

O programa se consolidará ainda mais como uma ferramenta essencial na promoção da inclusão social e no combate às disparidades econômicas

Propaganda
Advertisement