Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

BRB emitirá novas ações para captar R$ 1 bilhão em recursos privados

Publicado em

O Banco de Brasília (BRB) vai emitir novas ações com objetivo de captar recursos privados no montante de até R$ 1 bilhão. A operação para aumentar o capital da instituição financeira foi aprovada pelo Conselho de Administração, nessa segunda-feira (13/5). Atualmente, o BRB tem 7,8 milhões de clientes e presença em 93% de todo o território nacional.

O presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, disse que o objetivo da emissão de novas ações é aumentar o capital do banco para dar andamento ao crescimento da instituição e expandir a atuação nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

“A operação é um passo crucial para o BRB em sua missão de se tornar um dos 10 maiores bancos do Brasil nos próximos cinco anos. Com esse aumento de capital, o BRB planeja dobrar sua base de clientes, o volume total de ativos e sua carteira de crédito, consolidando sua posição como uma força motriz no desenvolvimento econômico e social das regiões em que atua”, afirmou.

Continua depois da publicidade

“Esse movimento permitirá ao BRB crescer ainda mais, se tornar um banco de mais de R$ 100 bilhões de ativos e dobrar o tamanho da carteira de crédito para R$ 80 bilhões. O BRB mais forte terá mais condições de ajudar o DF ao pagar dividendo”, reforçou o presidente do BRB.

O GDF é o principal acionista do BRB hoje, com 71,6% das ações. Com a operação que será colocada em curso e a expectativa de que a emissão de ações seja com recursos privados, a estimativa é que o governo possa ficar com 60% das ações, de forma que o BRB permaneça um banco público sob controle do DF.

“A nossa estimativa, com base nos estudos realizados, é que esse aumento de capital permita crescimento da geração de resultado, nos próximos cinco anos, em R$ 1 bilhão”, disse Paulo Henrique Costa.

O BRB quer chegar aos R$ 100 bilhões de ativos totais e 15 milhões de clientes nos próximos 5 anos.

Propaganda
Advertisement