Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Desafios da Inserção: Acre apresenta menor taxa de jovens no mercado de trabalho

Publicado em

No Brasil, a realidade de 5,4 milhões de jovens entre 14 e 24 anos que não estudam, não trabalham e não estão em busca de emprego revela um desafio significativo. Essa parcela da população jovem representa 15,9% do total nessa faixa etária, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) compilados pelo Ministério do Trabalho e Emprego e divulgados pelo CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) nesta terça-feira, 28.

O estado do Acre se destaca por apresentar a menor taxa de jovens inseridos no mercado de trabalho, registrando 29,1%. Em relação à informalidade, o Acre ocupa a 14ª posição em proporção de jovens atuando nesse setor, de acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Essa porcentagem reflete a participação dos jovens de 14 a 24 anos no mercado de trabalho, conforme os registros do MTE. O governo federal destaca que 60% dos jovens que se encontram nessa situação são mulheres com filhos pequenos, e 68% são negros.

Continua depois da publicidade

No primeiro trimestre de 2024, o governo contabilizou 14 milhões de jovens ocupados nessa faixa etária. No total, o Brasil possui 34 milhões de adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos, evidenciando a importância de políticas e programas que promovam a inclusão e a empregabilidade desse segmento populacional em todo o país.

Propaganda
Advertisement