Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Despedida adiada: atraso no translado do corpo de biomédica causa adiamento do velório

Publicado em

A comoção e o pesar da família da biomédica Amélia Cristina Rocha Marques, terceira vítima do trágico acidente aéreo em Manoel Urbano, foram intensificados devido ao atraso no translado do corpo para o Acre. O velório que estava previsto para ocorrer nesta terça-feira, 28, em Rio Branco, teve que ser adiado pela família devido às circunstâncias.

Segundo relatos dos familiares, a funerária encarregada do transporte do corpo chegou ao aeroporto às 12h50 desta segunda-feira, 27, sem o documento necessário para o embarque da biomédica. Esse contratempo resultou no adiamento do translado, que agora está previsto para sair de Manaus-AM às 3h da madrugada de terça-feira, 28, passando por Brasília e chegando ao Acre por volta das 22h10min do mesmo dia.

A incerteza quanto ao horário do velório e do sepultamento permanece, uma vez que a previsão de chegada do corpo à capital acreana é a única informação disponível. Devido ao atraso significativo, a família lamenta que o caixão não poderá ser aberto, respeitando as circunstâncias e a dignidade da despedida.

Continua depois da publicidade

A espera angustiante e a ansiedade pela chegada do corpo de Amélia refletem a dor e a frustração da família diante desse imprevisto. A solidariedade e compreensão neste momento difícil são fundamentais para apoiar a família enlutada.

Propaganda
Advertisement