Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Enem: PF investiga falso site criado para “roubar” taxa de inscrição

Publicado em

A Polícia Federal foi acionada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para investigar um falso site que simula o canal oficial de inscrições do Enem 2024 para aplicar golpes.

O “modus operandi” dos golpistas é um clássico no ambiente virtual: os criminosos colocam no ar uma página falsa que se assemelha à verdadeira Página do Participante do Enem, na qual as inscrições são feitas.

Nesse mesmo site, os estudantes precisam apenas preencher um campo com o CPF e, logo em seguida, são direcionados para uma aba de pagamentos, simulando a taxa de inscrição do certame.

Continua depois da publicidade

Objetivo dos golpistas

O Enem é uma das principais portas de entrada para a educação superior, utilizado por instituições públicas e privadas como critério de seleção. A taxa de inscrição custa R$ 85 e, em 2023, recebeu mais de 2,7 milhões de inscrições.

A meta dos golpistas era confundir os estudantes para que fizessem o pagamento por meio do falso site.

Em nota, o Inep alertou os alunos sobre o golpe, informando também que a Polícia Federal foi acionada para investigar o caso e derrubar a plataforma. No momento da publicação desta reportagem, o site dos golpistas não estava mais no ar.

A página oficial para realizar a inscrição do Enem é enem.inep.gov.br/participante.

Propaganda
Advertisement