RIO BRANCO

GERAL

Funcionários de empresa terceirizada em Rio Branco denunciam atraso de salário

Publicado em

GERAL

Os servidores da empresa terceirazada Pit Stop, que presta serviço para as Unidades de Pronto Atendimento (Upas) da cidade de Rio Branco, procuraram o Na Hora da Notícia relatando estarem há, pelo menos, dois meses sem receber seus salários.

Com medo de represálias, os trabalhodores, que preferem não serem identificados, contam que estão sem receber há dois meses. Além disso, eles denunciam também que a empresa não está fazendo o depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“Temos nossas famílias e contas para pagar. Trabalhamos de forma honesta e só queremos o que nos é de direito, que é receber em dias”, desabafa um funcionário.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo os servidores o governo fez o repasse para a empresa, porém o pagamento, até essa sexta-feira, 20, não caiu na conta de nenhum deles.

O Na Hora da Notícia tentou entrar em contato com a empresa, por meio do telefone disponibilizado, mas ninguém atendeu.

Propaganda
Propaganda
Leia Também:  Monitorado é preso oferecendo drogas em Rio Branco
Propaganda

POLÍCIA

POLÍTICA