Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

GERAL

Governo paga PIX do Bolsa Família em poucos dias para NIS 0, 3, 5, 7, 9 e outro

Publicado em

Em resposta às severas ações climáticas, o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), anunciou medidas significativas para garantir o bem-estar das famílias afetadas. Isso inclui o programa Bolsa Família.

Entre essas ações está a antecipação dos pagamentos do Bolsa Família para determinados Números de Identificação Social (NIS), proporcionando um alívio financeiro imediato e necessário às famílias desabrigadas e impactadas pela calamidade.

Antecipação dos pagamentos: estratégia de suporte

A antecipação dos pagamentos faz parte de uma estratégia abrangente do governo para auxiliar na recuperação e reconstrução das áreas atingidas. Com muitos residentes desalojados e uma infraestrutura severamente danificada, o acesso facilitado aos benefícios sociais é crucial.

Continua depois da publicidade

MDS também prorrogou prazos para atualização cadastral e outras exigências administrativas, reconhecendo que muitos beneficiários estão incapacitados de atender a essas demandas devido à situação de emergência. Essas ações sublinham a resposta rápida do governo e seu compromisso contínuo em apoiar as comunidades mais vulneráveis durante períodos de crise

Após a declaração de estado de calamidade pública devido às enchentes severas, o governo federal mobilizou recursos adicionais para ajudar os afetados. Mais de 15 mil pessoas foram deslocadas de suas casas, com 13 fatalidades e 21 desaparecimentos relatados.

Em resposta, o MDS facilitou a retirada dos benefícios do Bolsa Família, permitindo o saque em uma data unificada, sem a necessidade de apresentação de cartão ou documentação pessoal, apenas uma Declaração Especial de Pagamento emitida pelas autoridades municipais.

Facilitação do acesso aos benefícios do Bolsa Família

Para os residentes das áreas mais afetadas, o Bolsa Família será acessível independentemente do último dígito do NIS, simplificando o processo de saque em um momento de necessidade urgente.

Adicionalmente, o ministério prorrogou os prazos de atualização e revisão cadastral para as famílias que estavam em processo de Averiguação Cadastral e Revisão Cadastral, reconhecendo as dificuldades atuais para cumprir com essas obrigações administrativas.

Além da antecipação dos pagamentos, o MDS liberou um fundo de emergência de 5,6 milhões de reais para os municípios mais impactados.

Continua depois da publicidade

Esses recursos visam fornecer não apenas o Bolsa Família, mas também outras formas de assistência, como a distribuição de cestas básicas e suporte para a reconstrução das áreas danificadas.

Informações sobre os pagamentos e calendário para determinados NIS

Com a antecipação dos pagamentos para o dia 17 de julho, os beneficiários devem se preparar para o saque dos fundos, que será realizado para todos com NIS terminados em 0, 3, 5, 7 e 9.

Esse procedimento especial faz parte do esforço do governo para garantir que todos os beneficiários recebam seu suporte financeiro sem atrasos adicionais.

Orientações para beneficiários em áreas de risco

A Defesa Civil do estado emitiu alertas contínuos para os residentes nas áreas de risco, aconselhando-os a procurar abrigos seguros. O colapso parcial de uma barragem na região aumentou o nível de alerta, elevando o risco de inundações adicionais em comunidades ribeirinhas.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou a região, reforçando o compromisso do governo federal em fornecer todo o apoio necessário.

Enquanto o estado enfrenta um de seus piores desastres naturais, a resposta rápida e abrangente do governo visa mitigar os efeitos imediatos e apoiar a recuperação a longo prazo das áreas afetadas.

O pagamento unificado do Bolsa Família em julho é apenas uma parte das medidas de emergência implementadas para ajudar as famílias a se recuperarem e reconstruírem suas vidas.

A situação no Rio Grande do Sul exige uma resposta imediata e eficaz, e a liberação antecipada do Bolsa Família é um passo crucial nesse processo.

Ao eliminar barreiras administrativas e fornecer recursos financeiros rapidamente, o governo federal demonstra seu compromisso em apoiar os cidadãos em tempos de crise. Esta ação não apenas fornece alívio financeiro imediato, mas também reafirma a importância de um sistema de apoio social robusto em situações de calamidade pública.

Em julho de 2024, o Governo Federal está demonstrando proatividade e sensibilidade às necessidades das famílias afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. A antecipação dos pagamentos do Bolsa Família e a mobilização de recursos adicionais são medidas essenciais para garantir que essas famílias recebam o suporte necessário para enfrentar e superar as adversidades causadas pela calamidade natural.

Propaganda
Advertisement