Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Inadimplência no Acre apresenta ligeira queda, mas ainda supera média nacional

Publicado em

Os recentes dados atualizados até março revelam que a inadimplência no Brasil aumentou pelo segundo mês consecutivo. Houve um aumento de 1,19% em relação ao mês anterior, resultando em um acréscimo de 855 mil consumidores inadimplentes.

No Acre, a inadimplência afeta 43,66% da população adulta, o que representa uma pequena redução em comparação com o mês anterior, que registrava 43,67%. Entretanto, ao comparar o resultado do Acre com a média nacional, observa-se que há pelo menos 0,64% a mais de devedores no Estado.

Estes números são extraídos do Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa. De modo geral, os brasileiros com idades entre 41 e 60 anos representam a maior parcela da população com nome restrito, totalizando 35,1%. Em seguida estão as faixas etárias de 26 a 40 anos (34,1%), acima de 60 anos (18,9%) e os jovens entre 18 e 25 anos (11,9%).

Continua depois da publicidade

O valor médio de cada acordo realizado em janeiro no Serasa Limpa Nome, plataforma de renegociação de dívidas da Serasa, foi de R$ 760,31. No total, foram concedidos mais de R$11,38 bilhões em descontos no mês.

Além disso, ainda estão disponíveis para negociação mais de 550 milhões de ofertas no Serasa Limpa Nome. O montante total das ofertas disponíveis ultrapassa os R$874 bilhões.

No país todo, há um total de 72,89 milhões de brasileiros em situação de inadimplência.

Acesse aqui o Mapa da Inadimplência:

https://cdn.builder.io/o/assets%2Fb212bb18f00a40869a6cd42f77cbeefc%2F9dfaed005e5745798c70c400a4ee1ba6?alt=media&token=1042f728-a6e6-46e2-b4cf-15e0b16ba037&apiKey=b212bb18f00a40869a6cd42f77cbeefc

Propaganda
Advertisement