Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Inteligência Penal: Monitoramento estratégico visa prevenir conflitos no sistema prisional de Rio Branco

Publicado em

O Complexo Penitenciário de Rio Branco adotou uma nova medida de segurança com a implantação de câmeras de vigilância estrategicamente posicionadas em áreas-chave da prisão. Essas câmeras permitirão o monitoramento das atividades, movimentações e interações entre detentos e servidores, com o objetivo de prevenir crises e garantir a segurança nas instituições prisionais.

A implementação desse sistema de Inteligência Penal é uma iniciativa do Instituto de Administração Penitenciária do Acre, que busca promover a análise dos dados coletados e auxiliar na identificação de líderes de organizações criminosas. Esse trabalho é fundamental para prevenir conflitos, controlar atividades ilícitas e manter a segurança no ambiente prisional.

A utilização de tecnologia avançada no monitoramento das prisões é uma das ações estratégicas adotadas pelo órgão responsável pela gestão dos presídios em todo o estado do Acre. Essa medida visa não apenas melhorar a segurança dos complexos penitenciários, mas também fortalecer o trabalho de inteligência e a tomada de decisões por parte das autoridades competentes.

Continua depois da publicidade

Com o monitoramento contínuo das atividades nas prisões, será possível identificar padrões de comportamento, detectar potenciais ameaças e tomar medidas preventivas para evitar crises e garantir a ordem e a segurança interna. Essa inovação tecnológica representa um passo importante no aprimoramento do sistema penal e na busca por um ambiente penitenciário mais seguro e controlado.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre reafirma seu compromisso em utilizar todos os recursos disponíveis para garantir a segurança dos presídios e contribuir para a ressocialização dos detentos, com a adoção de medidas eficientes e estratégicas.

Propaganda
Advertisement