Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Magda Chambriard já pediu intervenção de Lula para Petrobras explorar petróleo na Foz do Amazonas

Publicado em

Indicada para assumir a presidência da Petrobras, Magda Chambriard deve concentrar esforços para que a estatal inicie a exploração de petróleo na Foz do Amazonas, no Amapá. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a provável nova chefe da petroleira, já teria, inclusive, pedido ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que intervisse no processo de liberação do projeto.

Em abril, o Ibama exigiu uma série de estudos para apurar os impactos “sociais, culturais e ambientais” sobre os povos indígenas do Oiapoque (AP), com a perfuração na bacia da Foz do Rio Amazonas, parte da chamada Margem Equatorial.

Antes, em maio do ano passado, o órgão fiscalizador já havia negado a perfuração de poço no bloco 59 da bacia. Depois disso a Petrobras fez novos pedidos, mas ainda não recebeu o aval do Ibama para iniciar a exploração.

Continua depois da publicidade

Ainda de acordo com a Folha, nos bastidores integrantes da Petrobras e do Ministério de Minas e Energia (MME) estariam vendo como descabida a resistência do Ibama, que, para eles, estaria criando barreiras desnecessárias para o empreendimento.

A nova presidente deve tornar a disputa pela exploração ainda mais intensa. Magda Chambriard defendeu, anteriormente, em entrevista ao portal Petronotícias, que sejam exploradas novas fronteiras para se identificar novas bacias de produção.

Foi Magda, inclusive, quem comandou o leilão do bloco 59 da Foz do Amazonas, em 2013, enquanto era diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo. Na época, a britânica BP arrematou o direito ao local, herdado pela Petrobras anos depois.

 

Propaganda
Advertisement