Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

MARTELO BATIDO HOJE (06/04)! Bolsa Família terá valor reduzido em 50% neste mês de abril no NIS 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0; veja quem será prejudicado

Publicado em

Recentemente, o governo federal anunciou modificações no programa do Bolsa Família, com o objetivo de ampliar sua cobertura e adaptar os benefícios às necessidades específicas de cada família. No entanto, essas mudanças podem prejudicar alguns beneficiados do programa.

A saber, a reformulação do Bolsa Família introduziu uma estrutura de benefícios mais sensível às diversas composições familiares. Agora, famílias com três ou mais membros recebem uma quantia maior em comparação às famílias compostas por um único indivíduo, reconhecendo que as necessidades financeiras aumentam com o número de pessoas no lar.

Além disso, o critério de elegibilidade para o Bolsa Família é baseado na renda per capita da família, estabelecida em até R$ 218 mensais. Isso implica que uma família composta por sete pessoas, cuja renda total não ultrapasse R$ 1.412, está apta a participar do programa.

Continua depois da publicidade

Regra de Proteção no Bolsa Família corta benefício pela metade

Além disso, o Bolsa Família apresenta agora a Regra de Proteção, que representa uma novidade importante no programa, direcionada às famílias que experimentam um aumento na renda per capita além do limite estabelecido.

Sob essa regra, tais famílias continuam a receber 50% do valor dos benefícios por um período de 24 meses, desde que a renda per capita não ultrapasse meio salário mínimo.

Essa medida visa garantir uma transição suave para as famílias que estão melhorando sua situação financeira, evitando a perda imediata de apoio diante de progressos repentinos.

Vale ressaltar que as ações de administração de benefícios ocorrem mensalmente, mantendo a continuidade e a eficácia do programa na promoção da emancipação econômica dos beneficiários.

Calendário do Bolsa Família  abril

O pagamento do Bolsa Família é realizado pela Caixa Econômica Federal (CEF) e segue um calendário escalonado, de acordo com o último dígito do número de identificação social (NIS) do beneficiário. Confira abaixo o calendário completo:

  • NIS de final 1: dia 17 de abril;
  • NIS de final 2: dia 18 de abril;
  • NIS de final 3: dia 19 de abril;
  • NIS de final 4: dia 22 de abril (antecipado para o sábado 20);
  • NIS de final 5: dia 23 de abril;
  • NIS de final 6: dia 24 de abril;
  • NIS de final 7: dia 25 de abril;
  • NIS de final 8: dia 26 de abril;
  • NIS de final 9: dia 29 de abril (antecipado para o sábado 27);
  • NIS de final 0: dia 30 de abril.

É importante lembrar que os segurados que recebem o benefício na segunda-feira têm o pagamento antecipado para o sábado imediatamente anterior à sua data oficial. Em abril, serão contemplados pela antecipação os segurados com NIS de final 4 e 9, conforme indicado no calendário acima.

Continua depois da publicidade

Valor do Bolsa Família em abril 2024

Para garantir um suporte financeiro básico para as famílias que mais precisam, o governo estabeleceu um valor mínimo de R$600 para cada família cadastrada no programa.

Essa medida visa enfrentar a desigualdade e assegurar uma distribuição mais justa dos recursos. Além disso, o programa oferece benefícios adicionais de acordo com a composição familiar e a situação de cada beneficiário.

Confira a estrutura detalhada dos benefícios do Bolsa Família para o mês de abril de 2024:

  • Benefício Básico Garantido: Todas as famílias inscritas no programa recebem R$600 para núcleos de até quatro pessoas. Para famílias maiores, o valor é calculado em R$142 por indivíduo, garantindo um suporte adequado independente do tamanho da família;
  • Suporte para Gestantes e Lactantes: Mulheres grávidas e mães que estão amamentando recebem um adicional de R$50, assegurando o cuidado necessário durante esse período vital;
  • Auxílio para Famílias com Crianças Pequenas: Crianças menores de seis anos trazem um adicional de R$150 por criança para suas famílias, refletindo o compromisso com o desenvolvimento infantil;
  • Apoio à Educação: Crianças e jovens entre sete e dezoito anos garantem mais R$50 por pessoa à sua família, incentivando a permanência na escola;
  • Programa Auxílio Gás dos Brasileiros: Em abril de 2024, o Auxílio Gás contemplará pelo menos seis milhões de famílias com cerca de R$100, em uma distribuição bimestral.
Propaganda
Advertisement