Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

MPAC investiga fornecimento de medicamento vencido durante evento de saúde em Sena Madureira

Publicado em

O Ministério Público do Acre (MP-AC) iniciou um procedimento administrativo na última quinta-feira, dia 4, para investigar alegações de fornecimento de medicamento vencido durante o evento “Saúde Itinerante” em Sena Madureira, no interior do Acre. Segundo a denúncia, a Prefeitura teria disponibilizado o medicamento Complexo B com validade expirada em janeiro de 2024.

O promotor de justiça Júlio Cesar de Medeiros destacou que a Unidade Ministerial recebeu informações sobre o suposto fornecimento do medicamento vencido durante o evento. Em resposta a essas alegações, a promotoria concedeu um prazo de 10 dias úteis para que o secretário municipal, Donizety Lima Fernandes, forneça esclarecimentos sobre a situação. Além disso, foi solicitada a cópia da nota de compra dos medicamentos entregues vencidos, incluindo o número do lote do produto, com o objetivo de identificar se houve doação ou compra e entrega de medicamento já vencido, e verificar outras possíveis ocorrências de medicamentos vencidos na Farmácia Básica Municipal.

Em resposta às acusações, o secretário municipal de Saúde, Donizety Lima Fernandes, afirmou que o medicamento levado para o evento não estava vencido e ressaltou que a apresentação do Complexo B fornecido diferia daquela mencionada na denúncia. Ele argumentou que as notas fiscais e os remédios na farmácia comprovam que nenhum medicamento vencido foi fornecido. Fernandes também sugeriu que a denúncia possuía conotação política, relacionada ao período eleitoral, e apontou para o apoio da pessoa denunciante ao candidato de oposição ao prefeito.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement