Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Reajuste de planos de saúde afetará milhares de usuários no Acre

Publicado em

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu um limite de 6,91% para o reajuste anual dos planos de saúde individuais e familiares regulamentados no Acre. Essa medida afetará diretamente 43.979 usuários de planos privados na região.

Esse percentual representa o teto válido para o período entre maio de 2024 e abril de 2025, abrangendo cerca de 8 milhões de beneficiários em todo o país, o que equivale a 15,6% dos 51 milhões de consumidores de planos de assistência médica no Brasil, conforme dados de março de 2024.

O diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, explicou que o índice de 6,91% foi determinado com base na variação das despesas assistenciais de 2023 em comparação com as de 2022. Essa variação está diretamente relacionada aos custos dos procedimentos e à frequência de utilização dos serviços de saúde pelos beneficiários dos planos de saúde individuais e familiares.

Continua depois da publicidade

Após ser apreciado pelo Ministério da Fazenda e aprovado em reunião de Diretoria Colegiada, o índice de reajuste será oficializado e publicado no Diário Oficial da União. As operadoras poderão aplicar o reajuste no mês de aniversário do contrato, ou seja, no mês em que o plano foi contratado. Para os contratos que fazem aniversário em maio e junho, a cobrança do reajuste deverá iniciar em julho ou, no mais tardar, em agosto, retroagindo até o mês de aniversário do contrato.

Propaganda
Advertisement