Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Renegocie e Respire: Desenrola Brasil oferece última chance para devedores até R$ 20 mil

Publicado em

No cenário econômico atual, devedores com débitos de até R$ 20 mil e renda de até dois salários mínimos ou inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) têm um último suspiro financeiro neste fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil. O prazo para adesão à Faixa 1 do programa especial se encerra nesta segunda-feira e promete alívio na carga de dívidas.

Os números do Ministério da Fazenda revelam que até o momento, 14,75 milhões de pessoas já embarcaram na jornada de renegociação, totalizando cerca de R$ 51,7 bilhões em débitos ajustados. Desde o lançamento em outubro de 2023, a Faixa 1 abrange dívidas negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022, com limite de R$ 20 mil cada após os descontos do Desenrola.

Com descontos atrativos que chegam a uma média de 83% sobre o valor das dívidas, e podendo superar os 96% em algumas situações, o programa oferece opções de pagamento à vista ou parcelado, sem entrada e com prazos de até 60 meses.

Continua depois da publicidade

Em meio à corrida contra o tempo, o Ministério desvendou duas fake news que circulam sobre o programa. A clareza de que negociar pelo Desenrola Brasil não prejudica benefícios sociais e não gera restrições nos sistemas do Banco Central foi enfatizada para dissipar quaisquer equívocos.

Além de dívidas bancárias, contas atrasadas de diversos segmentos como ensino, serviços básicos e comércio podem ser inclusas na renegociação. A plataforma do Desenrola proporciona facilidades para consolidar múltiplas dívidas em uma única negociação, simplificando o processo de quitação financeira.

Para ter acesso aos benefícios do Desenrola, basta possuir uma conta Gov.br. A possibilidade de parcelamento e escolha de melhores condições de pagamento tornam o programa uma solução abrangente para aqueles em busca de reorganizar suas finanças.

Propaganda
Advertisement