Search
Close this search box.
RIO BRANCO

GERAL

Vacinação Urgente: autoridades alertam para baixa cobertura contra a poliomielite em Rio Branco

Publicado em

A baixa procura pela vacina contra a poliomielite, conhecida como paralisia infantil, tem gerado preocupação entre as autoridades de saúde da capital acreana, Rio Branco. Mais de uma semana após o início da campanha nacional de vacinação, a adesão dos pais e responsáveis pelas crianças de 1 a 4 anos tem sido abaixo do esperado, levantando alarmes sobre a possibilidade de ressurgimento da doença.

Segundo dados da coordenação de vigilância epidemiológica municipal, estima-se que cerca de 28 mil crianças nessa faixa etária em Rio Branco sejam elegíveis para receber a imunização. No entanto, até o momento, apenas pouco mais de 10% desse público foi vacinado, o que representa um índice preocupante para o controle da poliomielite na região.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, ressaltou a importância da vacinação na erradicação da doença e fez um apelo aos pais para que levem seus filhos para receber a vacina. Ela enfatizou que a prevenção por meio da imunização é essencial para evitar a reintrodução do vírus da paralisia infantil na comunidade.

Continua depois da publicidade

O secretário municipal de Saúde, Eliatian Nogueira, também alertou para os riscos da reaparição da doença e destacou que a vacinação é a única forma eficaz de proteger as crianças. Ele enfatizou a importância de alcançar uma cobertura vacinal de 95% e lembrou que a vacinação contra a poliomielite é realizada em gotas, sendo uma medida preventiva crucial para evitar o retorno da doença.

Durante a campanha nacional de imunização, que se encerra em breve, é fundamental que os pais levem seus filhos de 1 a 4 anos para serem vacinados em todas as unidades de saúde de Rio Branco. Além disso, no sábado, dia 8 de junho, será realizado o dia D de vacinação contra a poliomielite, com todas as Unidades de Referência de Atenção Primária (URAPs) abertas das 8h às 16h, proporcionando uma oportunidade para garantir a proteção das crianças contra essa doença grave.

Propaganda
Advertisement