Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

GERAL

Vale alimentação de R$ 330 do CRAS liberado para NIS 1, 3, 4, 6 e outros; veja como

Publicado em

O Governo Federal, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), lançou uma nova iniciativa para substituir a entrega de cestas básicas por cartões de alimentação.

Este benefício, que oferece um vale alimentação no valor de R$ 330, está disponível para famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com Números de Identificação Social (NIS) 1, 3, 4 e 6, além dos demais.

A medida visa proporcionar, junto a outros benefícios sociais como o Bolsa Família, mais dignidade e flexibilidade às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Continua depois da publicidade

A transição das cestas básicas para os cartões de alimentação representa um avanço significativo nas políticas de assistência social. Além de facilitar o acesso aos alimentos, o cartão permite que as famílias escolham os produtos de acordo com suas necessidades e preferências.

O que é o Vale Alimentação do CRAS?

O vale alimentação do CRAS é um auxílio destinado a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Este benefício é parte de uma política pública que visa substituir a tradicional entrega de cestas básicas por um cartão que pode ser utilizado em estabelecimentos comerciais para a compra de alimentos. O valor do cartão é de R$ 330 mensais.

Vantagens do Vale Alimentação

O principal objetivo do vale alimentação é oferecer mais dignidade às famílias beneficiadas.

Com o cartão, elas têm a liberdade de escolher os alimentos que melhor atendem às suas necessidades. Isso não apenas melhora a qualidade da alimentação, mas também promove a inclusão social ao permitir que essas famílias façam compras como qualquer outro consumidor.

Outro benefício é a praticidade. O cartão é recarregado automaticamente todos os meses, eliminando a necessidade de deslocamento para receber cestas básicas. Além disso, o uso do cartão movimenta a economia local, já que os recursos são gastos em comércios da região.

Continua depois da publicidade

Quem tem direito ao Vale Alimentação?

Para ter direito ao vale alimentação, é necessário estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) e atender a critérios específicos de renda e vulnerabilidade social.

Os Números de Identificação Social (NIS) contemplados são 1, 3, 4 e 6, e demais famílias, incluídas conforme a disponibilidade de recursos e a análise das assistentes sociais do CRAS.

Como se inscrever?

A inscrição para receber o vale alimentação deve ser realizada no CRAS mais próximo da residência do beneficiário.

É necessário apresentar documentos pessoais, comprovante de residência e a documentação de todos os membros da família. A equipe do CRAS realizará uma avaliação socioeconômica para verificar se a família atende aos critérios estabelecidos.

Após a aprovação, o cartão alimentação será emitido e entregue ao beneficiário, que poderá começar a utilizá-lo imediatamente. A recarga do cartão é feita mensalmente, e o saldo acumulado não utilizado pode ser acumulado para os meses seguintes.

Impacto Social e Econômico do Vale Alimentação

O vale alimentação do CRAS tem um impacto significativo na vida das famílias beneficiadas e na economia local. Com mais liberdade para escolher os alimentos, as famílias podem melhorar sua nutrição e qualidade de vida.

Estudos indicam que a autonomia na escolha dos alimentos contribui para a redução da insegurança alimentar e melhora a saúde dos beneficiários.

Além disso, o uso do cartão alimentação promove a economia local. Os recursos são gastos em comércios da região, aumentando o faturamento dos estabelecimentos e gerando mais empregos. Este ciclo virtuoso fortalece a comunidade e promove o desenvolvimento econômico sustentável.

A implementação do vale alimentação de R$ 330 pelo CRAS é uma medida importante para a assistência social no Brasil. Ao substituir as cestas básicas pelo cartão alimentação, o governo oferece mais dignidade, flexibilidade e autonomia às famílias em situação de vulnerabilidade social.

O benefício não apenas melhora a qualidade da alimentação, mas também impulsiona a economia local, promovendo o desenvolvimento sustentável das comunidades.

Se você ou alguém que conhece está em situação de vulnerabilidade social, verifique se atende aos critérios para receber o vale alimentação e procure o CRAS mais próximo para realizar a inscrição.

Este auxílio pode fazer uma grande diferença na vida das famílias beneficiadas, proporcionando mais segurança alimentar e dignidade.

Propaganda
Advertisement