Search
Close this search box.
RIO BRANCO

MUNDO

Após a Rússia revelar a maior reserva de petróleo do mundo na Antártida, com 511 bilhões de barris – o dobro das reservas da Arábia Saudita – Chile e Argentina dizem que vão lutar pela preservação da região

Publicado em

Rússia revela maior reserva de petróleo do mundo na Antártida, com o dobro das reservas da Arábia Saudita. Região é reivindicada por Argentina e Chile, que planejam lutar pela preservação do local.

A Rússia anunciou recentemente a descoberta da maior reserva de petróleo do mundo na Antártida, gerando preocupações globais sobre a exploração mineral no continente gelado. Desde 1959, um tratado internacional proíbe a mineração e atividades militares na Antártida, tornando essa descoberta particularmente controversa. Em resposta, a Argentina e o Chile, que reivindicam partes da Antártida, se manifestaram contra a exploração e declararam sua intenção de lutar pela preservação do continente. A descoberta colocou em evidência a necessidade de proteger a Antártida das ameaças ambientais e geopolíticas.

Maior reserva de petróleo do mundo na Rússia ultrapassa Arábia Saudita

A Rússia revela a maior reserva de petróleo do mundo, onde foram encontrados 511 bilhões de barris de óleo na região, o que equivale a mais que o dobro das reservas da Arábia Saudita e 32 vezes o volume comprovado nas jazidas de petróleo do Brasil, de 15,8 bilhões.

O total da maior reserva de petróleo do mundo na Antártida, também representa cerca de 10 vezes a produção total no mar do Norte em 50 anos. A região é reivindicada por Argentina e Chile.

Continua depois da publicidade

Apesar da riqueza escondida debaixo do gelo, que pode ser maior que a da Arábia Saudita, a notícia fez vários países alertarem para os riscos de exploração do mineral no continente gelado.

Entenda os riscos da maior reserva de petróleo do mundo na Antártida

No dia 23 de maio, uma comissão do parlamento chileno visitou a região. O presidente da comissão de defesa do Chile defendeu o Tratado da Antártida e afirmou que o continente não deve ser desmembrado por uma luta territorial.

mar de Weddell é parte do oceano Antártico, no polo sul – Divulgação

Até então, o governo da Rússia não comentou sobre a descoberta da maior reserva de petróleo do mundo na Antártida, que supera a Arábia Saudita, de forma pública, mas é cedo para falar que o país violou o tratado, visto que a pesquisa para fins pacíficos é permitida. Contudo, o problema da maior reserva de petróleo do mundo na Rússia é o tipo de consequência que uma descoberta como esta pode desencadear.

A Rússia revela a maior reserva de petróleo do mundo e uma corrida para explorar o continente gelado é tudo que o planeta não precisa no momento. É uma região que já vem sendo afetada pelo aumento das temperaturas.

A redução da camada de gelo mata filhotes de pinguins, que acabam caindo no oceano antes de desenvolverem a proteção à prova d’água. Além disso, quanto menos gelo nos polos do planeta, mais água nos oceanos. Aumentar o nível do mar é trilhar um caminho para novos alagamentos em áreas costeiras.

Em qual área da Antártida o mineral foi encontrado?

O navio Alexander Karpinsky, operado pela Rosgeo, agência russa dedicada a encontrar reservas minerais para exploração comercial, realizava estudos na área há alguns anos. A empresa foi fundada em 2011 e reúne 63 empresas do setor que identificaram mais de 1.000 depósitos significativos de gás, ouro e outros recursos.

Continua depois da publicidade

A maior reserva de petróleo do mundo na Rússia está localizada no Território Antártico Britânico (BAT). Este é o maior e mais meridional dos 14 territórios ultramarinos do Reino Unido.

Ao mesmo tempo, é um dos mais hostis, visto que 99% está coberto de gelo. Porém, nem sempre foi assim. No passado pré-histórico, o local experimentou climas mais quentes. Desta forma, sua vegetação foi o que permitiu a formação de depósitos de combustíveis fósseis.

Propaganda
Advertisement