Search
Close this search box.
RIO BRANCO

MUNDO

Com câncer, Rei Charles vai à missa de Páscoa; Kate não aparece

Publicado em

O Rei Charles III, 75 anos, que atualmente está em tratamento contra um câncer, compareceu ao serviço religioso anual de Páscoa na Capela São George, em Windsor, no Reino Unido, neste domingo (31/3). Esta é a primeira aparição pública mais significativa do monarca desde que recebeu o diagnóstico da doença.

O monarca foi visto sorrindo e acenando para simpatizantes ao chegar em sua limusine marrom Bentley para o serviço religioso realizado na Capela de São Jorge.

Ele estava acompanhado de sua esposa, a rainha Camilla, para o evento – um marco no calendário real.

Continua depois da publicidade

O casal real acenou para uma pequena multidão de simpatizantes reunidos nas proximidades antes de entrar na capela.

A princesa Kate, também diagnosticada com câncer recentemente, não apareceu na festa da família. O Palácio de Kensington já havia anunciado que a mulher do príncipe William não faria aparições públicas até ela se sentir mais forte.

A celebração deste ano é mais tranquila, com menos membros da realeza presentes para minimizar o contato do rei com outras pessoas durante seu tratamento.

Uma fonte disse ao Telegraph que o plano Rei Charles III de ir à igreja pessoalmente no domingo era um “sinal de que as coisas estão indo na direção certa” no que diz respeito à sua saúde. O monarca, no entanto, não oferecerá o tradicional almoço do feriado, disse o Palácio de Buckingham aos sites internacionais.

Este é o segundo evento público que Charles aparece em quase dois meses. O monarca foi visto pela última vez indo para a igreja com Camilla na Igreja de Santa Maria Madalena em Sandringham, Norfolk, no início de fevereiro.

Os irmãos do rei foram os primeiros membros da família a chegar. O príncipe Edward e Sophie – o duque e a duquesa de Edimburgo – estavam acompanhados por seu filho, James, conde de Wessex. Eles foram seguidos pela irmã do rei, a princesa Anne – que acenou rapidamente para a multidão – e seu marido, Tim Laurence, bem como pelo príncipe Andrew e Sarah Ferguson, duquesa de York.

Propaganda
Advertisement