Search
Close this search box.
RIO BRANCO

MUNDO

Doença renal crônica será a futura 5ª causa de morte mundial em 2040

Publicado em

A doença renal crônica está emergindo como uma epidemia silenciosa e prevê-se que se torne a quinta principal causa de morte no mundo até 2040, de acordo com um recente artigo publicado na renomada revista Nature. Este cenário colocaria a doença renal crônica atrás apenas de condições como a doença isquêmica do coração, acidente vascular cerebral (AVC), infecções respiratórias e doença pulmonar obstrutiva crônica. O aumento da incidência da doença renal crônica em 30% nas últimas três décadas destaca a urgência de desafios significativos na prevenção e diagnóstico precoce em escala global.

No Brasil, embora haja uma escassez de dados precisos, estima-se que aproximadamente 11% da população seja afetada pela doença renal crônica. Atualmente, existem cerca de 144 mil pacientes em diálise no país, um procedimento vital no qual uma máquina é utilizada para limpar e filtrar o sangue quando os rins não conseguem desempenhar suas funções adequadamente. Um painel de especialistas recentemente publicou um artigo no periódico científico Kidney Diseases, oferecendo uma análise abrangente da situação da doença renal crônica no Brasil e apresentando recomendações cruciais para transformar esse cenário preocupante.

A crescente prevalência da doença renal crônica representa não apenas um desafio de saúde pública, mas também destaca a necessidade urgente de ações coordenadas a nível global para enfrentar essa epidemia em ascensão. A implementação de estratégias eficazes de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento adequado é essencial para conter o avanço alarmante da doença e melhorar a qualidade de vida dos pacientes afetados.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement