Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

MUNDO

Em meio a frio extremo, pinguim caminha em cidade argentina

Publicado em

Além de temperaturas negativas, a onda de frio que avança sobre os países da América Latina tem proporcionado cenas inusitadas. Na cidade de Rio Grande, na região da Patagônia argentina, moradores flagraram um pinguim caminhando tranquilamente pelas ruas congeladas (veja acima).

A cidade fica na ilha principal da Terra do Fogo, ao sul do país, onde as temperaturas têm alcançado a marca de 20ºC negativos. O registro foi feito pela moradora Themis Fernández e compartilhado pelo Serviço Meteorológico Nacional argentino.

O frio extremo, no entanto, não se limita ao arquipélago e atinge outras partes do país dos hermanos. Na capital Buenos Aires, por exemplo, os termômetros registraram a menor temperatura em 14 anos e a segunda marca negativa no mês de julho. Fez 1,5ºC negativo na última terça-feira, 9, menor marca desde 17 de julho de 2010, quando a mínima foi 1,7ºC negativo.

Continua depois da publicidade

As autoridades argentinas, no entanto, alertam para os riscos proporcionados pela passagem da onda de frio. Apenas na capital, cinco pessoas foram encontradas mortas em decorrência das baixas temperaturas. O último, um morador em situação da rua, morreu a poucos quarteirões da sede do Congresso.

De acordo com o MetSul, o frio é ainda mais intenso no interior do país. A cidade de Gualeyguachú, da província de Entre Ríos, monitorada desde 1931, registrou recorde absoluto de mínima com -7,6ºC na terça, batendo o recorde prévio de -7,0ºC, registrado em 1940 e 1965.

 

Propaganda
Advertisement