Search
Close this search box.
RIO BRANCO

MUNDO

Homem tem tumor com pus do tamanho de um melão removido do pescoço

Publicado em

Um americano de 33 anos passou por uma transformação estética e de vida ao ter um tumor do tamanho de um melão removido da parte de trás de sua cabeça. A protuberância, que começou como uma espinha, afastou Arlin do convívio social por mais de uma década.

O caso surpreendente foi divulgado pelo cirurgião de cabeça e pescoço Ryan Osborne em 8 de maio no programa Take My Tumor (Remova meu tumor), do canal de televisão americano TLC.

Hidradenite supurativa

O morador da Califórnia contou que começou a desenvolver “pequenos inchaços” na parte de trás da cabeça aos 15 anos por um quadro de hidradenite supurativa, uma doença crônica de pele conhecida como acne inversa.

Continua depois da publicidade

A condição dolorosa pode causar nódulos semelhantes a furúnculos e cicatrizes em áreas próximas às glândulas sudoríparas, como nuca, virilha, nádegas, seios, axilas, cintura e parte interna das coxas. Esses nódulos começam como cravos e espinhas do tamanho de ervilhas cheias de pus. Quando se rompem, eles vazam. O tratamento pode incluir antibióticos, pomadas, esteróides ou a remoção cirúrgica.

Os olhares dos outros adolescentes fizeram com que Arlin parasse de frequentar a escola por não aguentar a pressão do bullying. O rapaz se isolou ainda mais quando o caroço começou a se espalhar e a vazar pus e sangue, além de emitir um odor extremamente desagradável, fazendo-o entrar em um estado de depressão. Arlin teve que usar toalhas para evitar que o pus sujasse suas roupas.

A família do jovem americano procurou ajuda, mas todos os médicos diziam que nada poderia ser feito para impedir o crescimento do tumor devido ao seu tamanho e anatomia.

“Não queríamos que o tumor ficasse tão grande, mas não conseguimos a ajuda que precisávamos e ele cresceu. É difícil ver alguém que você ama sofrendo ou passando pelo que ele estava passando”, conta Jaqueline, mãe de Arlin, em entrevista ao programa.

O caso chegou até o cirurgião de cabeça e pescoço Ryan Osborne, apresentador do programa. “É um grande alívio ouvi-lo dizer que pode remover o tumor. Estou me sentindo mais confiante de que tudo está indo bem. Mal posso esperar para finalmente remover isso. É um grande alívio para mim”, contou Arlin na manhã da cirurgia.

Remoção do tumor

A cirurgia foi um sucesso, sem adversidades. Osborne conseguiu remover o tumor do couro cabeludo de Arlin e a ferida deixada pelo caroço foi coberta por um enxerto de pele de sua barriga.

Continua depois da publicidade

“Tenho mais energia, menos dor, menos depressão”, disse o rapaz semanas após o procedimento. O americano planeja voltar a estudar e conseguir um emprego.

Propaganda
Advertisement