Search
Close this search box.
RIO BRANCO

MUNDO

Kate Middleton e William se reaproximaram após diagnóstico de câncer, diz revista

Publicado em

Kate Middleton e o príncipe William se reaproximaram após a princesa de Gales receber o diagnóstico de câncer, afirmou uma fonte próxima ao casal à revista US Weekly.

“Eles estão se reconectando e estão mais próximos do que nunca. O anúncio de que a realeza não poderá trabalhar [em compromissos após a convocação de eleições] foi inesperado, mas permitirá que Kate e William passem mais tempo juntos”, disse a fonte.

Segundo a publicação, a princesa tem passado bastante tempo com os filhos, os príncipes George, 10 anos, Louis, 7, e a princesa Charlotte, 9. “Kate está se sentindo forte o suficiente para estar envolvida com as crianças. Ela tem sido uma mãe ativa”, contou.

Continua depois da publicidade

Princesa pode não retornar ao papel que exercia

No início da semana, a revista também publicou que Kate pode não retornar ao papel que tinha na Família Real britânica antes de receber o diagnóstico de câncer. De acordo com uma fonte, ela está reavaliando o que será capaz de fazer quando terminar o tratamento.

“A recuperação de Kate está indo bem. Mas ela está focando em se manter saudável. Ela está reavaliando o que será capaz de enfrentar quando voltar. Ela pode nunca mais voltar ao papel que as pessoas a viam antes”, afirmou.

A última aparição da Princesa de Gales em um evento público aconteceu em dezembro de 2023. Depois, Kate Middleton só surgiu em um vídeo para anunciar o câncer e, segundo fontes, foi vista em um passeio com o príncipe William, em maio. Até o momento, ela não tem data para voltar aos compromissos oficiais. Revistas, porém, indicam que as aparições públicas devem ser retomadas apenas no próximo ano.

Em meio às dúvidas quanto à recuperação da Princesa de Gales, Lady Colin Campbell, especialista na família real britânica e responsável pela primeira biografia da Princesa Diana, também falou sobre a dificuldade enfrentada durante o tratamento.

“Kate está muito doente. O tratamento é exaustivo. Ela tem que se reservar para se recuperar e poder cuidar dos três filhos, que são muito pequenos. É simples assim. Ela está doente demais para ser ativa”, contou a escritora ao portal Mujer Hoy.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement