Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

MUNDO

Montanhista brasileiro morre após cair em buraco durante escalada de vulcão no Peru

Publicado em

O montanhista Marcelo Motta Delvaux, que estava desaparecido desde o dia 30 de junho, morreu durante a escalada de vulcão no Nevado Coropuna, a quarta montanha mais alta do Peru, com aproximadamente 6.300 de altitude.

Segundo informações de familiares repassadas a TV Integração, afiliada da Globo em Uberlândia, Marcelo caiu em uma greta, espécie de rachadura, e não sobreviveu.

A irmã do montanhista, Patrícia Delvaux, disse que as buscas foram encerradas neste domingo, 7. As buscas por ele começaram no dia 4 de julho e foram realizadas pela Polícia de Arequipa, cidade onde fica o monte, e por uma equipe de guias profissionais contratada por familiares do profissional.

Continua depois da publicidade

No dia 30, Marcelo chegou ao topo do Coropuna Oeste por volta das 15 horas. Pouco depois, iniciou a descida. No entanto, próximo a 6.300 metros o sinal parou em um ponto e não se moveu mais.

Marcelo Motta era montanhista há cerca de 25 anos e guia profissional. Considerado um dos mais experientes, escalou mais de 150 montanhas nos Andes e Himalia.

 

Propaganda
Advertisement