Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Bope prende dupla com grande quantidade de drogas, arma de fogo e dinheiro na Baixada da Sobral

Publicado em

Jonathan Silva de Arruda, 30 anos, e Aldair de Mesquita Souza, 21, foram presos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, na noite desta quinta-feira (23), na rua João Amâncio, no bairro João Paulo II, na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

Segundo informações de policiais militares do Choque, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), eles estavam fazendo patrulhamento na região conhecida pelo intenso tráfico de drogas e perceberam uma movimentação de duas pessoas que estava próximo a uma residência.

Ao perceber a aproximação da viatura, Jonathan tentou se desfazer de alguma coisa que estava em sua cintura. Rapidamente os militares desceram da viatura e fizeram abordagem, e verificaram que o suspeito estava com um revólver calibre 38 com 6 munições intactas. O rapaz ainda entregou outras 11 trouxinhas de cocaína e 6 de skunk que estavam em seu bolso.

Continua depois da publicidade

Os militaram pediram para entrar na residência do homem, que foi autorizada. Embaixo de uma mesa, os policiais encontraram duas balanças de precisão e a quantia de R$ 4.750. Os PMs perguntaram se os objetos e o dinheiro eram de Jonathan, mas ele negou a propriedade, porém, disse que uma terceira pessoa tinha corrido e jogado o dinheiro dentro da casa dele.

No local, os PMs ainda encontraram Aldair e perguntaram o que o homem estava fazendo naquele local. O jovem respondeu que era usuário de entorpecentes e estava comprando drogas.

Jonathan disse ainda à PM que na frente de sua residência, em um apartamento abandonado, havia mais drogas. Os militares do Choque pediram apoio a guarnição da CPcães, que levou um cachorro e conseguiram encontrar uma bolsa vermelha com 9 barras de maconha, vários papelotes com skunk, pedra de crack e vários papelotes de cocaína.

Diante dos fatos, Jonathan recebeu voz de prisão e Aldair também foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), com as drogas apreendidas, dinheiro e a arma de fogo, para serem tomadas as medidas cabíveis.

Propaganda
Advertisement