Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

POLÍCIA

Contrabando de Carne: Comerciante brasileiro é interceptado com 200 quilos de produtos irregulares em Cobija

Publicado em

No último fim de semana, as autoridades do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (Senasag/Pando) agiram rapidamente ao apreender cerca de 200 quilos de carne suína no posto de controle da Ponte Internacional. O alvo da operação era um comerciante brasileiro que tentava contrabandear o produto para a capital pandina, Cobija.

A carne suína, proveniente de uma colônia em Epitaciolândia, estava sendo transportada em condições precárias e desrespeitando as medidas sanitárias exigidas na Bolívia. O contrabando foi descoberto quando um veículo com placa brasileira tentou adentrar o território pandino com a mercadoria em sacos inadequados e sem os cuidados necessários de higienização.

A equipe da Senasag Pando agiu prontamente ao identificar o transporte ilegal, confiscando os 200 quilos de carne e procedendo à sua destruição por meio da pulverização de um produto químico azul para impedir o consumo.

Continua depois da publicidade

Um relatório preliminar revelou que o comerciante envolvido no contrabando já possuía histórico de reincidência. As carnes suínas e outros produtos geralmente são destinados aos frigoríficos do mercado público, onde são vendidos a preços mínimos por vendedores ambulantes.

Todas as apreensões são meticulosamente registradas nos livros da Senasag Pando, e os infratores são alertados sobre as medidas sanitárias indispensáveis para a importação legal de alimentos do lado pandino-cobijense.

A Senasag Pando ressalta a importância da conformidade com as normas de saúde e segurança alimentar em todos os produtos comercializados, visando assegurar a saúde da população. Recomenda-se aos consumidores adquirir exclusivamente produtos que atendam aos padrões de qualidade, seguindo rigorosamente a cadeia de frio e demais condições essenciais.

Propaganda
Advertisement