RIO BRANCO

POLÍCIA

Criminoso morre após invadir loja Americanas e trocar tiros com a policia em Rio Branco

Publicado em

POLÍCIA

Um assaltante ainda não identificado morreu na tarde desta quinta-feira (3) após invadir uma loja da rede Americanas, localizado na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Bosque, em Rio Branco. Na mesma ação, o comparsa dele, Fernando Ferreira da Silva, de 28 anos, vulgo “Furúncu”, foi preso.

Segundo informações da polícia, a dupla chegou em uma motocicleta modelo Titan de cor preta e invadiu a loja e rendeu todos os funcionários e clientes. Rapidamente, os bandidos conseguiram roubar cerca de 50 celulares e em seguida fugiram do local.

Foto: Ithamar Souza, Na Hora da Notícia (Proibida reprodução sem citação da fonte)

Uma guarnição da Polícia Militar do 1° Batalhão estava fazendo patrulhamento de rotina quando acabou realizando uma perseguição policial na Estrada do Aviário, no bairro do Aviário. Os criminosos pararam no estacionamento de uma empresa e houve uma intensa troca de tiros no local. Eles ainda conseguiram pular um muro, mas o assaltante não identificado foi atingido pelos tiros e acabou morrendo. Já Fernando foi ferido por um disparo.

Continua depois da publicidade

Foto: Ithamar Souza, Na Hora da Notícia (Proibida reprodução sem citação da fonte)

Militares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve no local, e atestou a morte de um dos assaltantes. Já Fernando recebeu primeiros socorros e foi encaminhado ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde estável. Depois de ser atendido, ele foi liberado e levado para a Delegacia de Flagrantes (Defla), onde responderá pelo crime.

Foto: Ithamar Souza, Na Hora da Notícia (Proibida reprodução sem citação da fonte)

Ainda segundo informações da polícia, Fernando é foragido do estado de Rondônia e possuí mais de 100 anos de condenação naquela localidade.

Leia Também:  Vídeo: Gefron apreende 150 kg de cocaína em van da Prefeitura de Brasileia na BR-317

Policiais Militares do 1° Batalhão estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos da perícia criminal.

Continua depois da publicidade

O corpo do assaltante que morreu foi removido por agente do Instituto Médico Legal (IML) e levado para a sede para ser realizado os exames cadavéricos.

Veja a live:

Propaganda
Propaganda
Propaganda

POLÍCIA

POLÍTICA