Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Criminosos brasileiros capturados na Bolívia podem ter ligação com assassinatos em Brasiléia

Publicado em

No interior do departamento de Beni, na cidade de Trinidad, Bolívia, foram detidos dois brasileiros acusados de tentativa de homicídio contra uma funcionária de uma casa de câmbio. Adriano André de Araújo, de 36 anos, e Luís Gustavo Cavalcante Brito, de 22 anos, são suspeitos de participação em quatro assassinatos ocorridos na cidade de Brasiléia. A Polícia Civil acredita que essas mortes são resultado de uma disputa territorial entre grupos criminosos.

No dia 5 de abril de 2022, Brasiléia viveu uma madrugada de pânico com o registro de quatro homicídios em bairros periféricos. Em uma residência invadida por criminosos armados, três homens foram brutalmente executados. Cerca de 10 indivíduos invadiram a casa e dispararam aproximadamente 30 tiros.

As vítimas foram identificadas como Lucas Bandeira Barbosa, de 23 anos, André Gustavo Sales de Oliveira, de 16 anos, e Wanderson Souza e Silva, cuja idade não foi informada. Pouco depois, por volta das 5h45min, outro assassinato a tiros foi registrado no bairro Nazaré, também em Brasiléia.

Continua depois da publicidade

Segundo informações do jornal local O Alto Acre, as autoridades policiais do Acre suspeitam que os brasileiros presos na Bolívia tenham envolvimento nos crimes, o que levou ao pedido de extradição pela polícia acreana. A dupla foi detida pela Força Especial de Luta Contra o Crime (FELCC). Além disso, há indícios de que outro brasileiro possa estar envolvido nessas ocorrências.

A investigação continua em andamento para esclarecer todos os detalhes e identificar os responsáveis pelos assassinatos em Brasiléia, buscando garantir a justiça e a segurança da população.

Propaganda
Advertisement