Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

DEMPCA de Cruzeiro de Sul prende dois homens, um por violação de domicílio e o outro por descumprimento de medida protetiva

Publicado em

Na última quinta-feira, a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul realizou duas prisões que evidenciaram a gravidade da violência doméstica e dos maus-tratos. O primeiro caso envolveu um homem do bairro Aeroporto Velho, detido pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEMPCA) por exceder-se nos métodos de correção de seus filhos, de 10 e 11 anos. A denúncia de maus-tratos, encaminhada pelo Conselho Tutelar, levou à imediata proteção das crianças em uma casa abrigo. Apesar disso, o agressor desrespeitou a Medida Protetiva e se recusou a deixar o lar, resultando em sua prisão preventiva.

O Delegado Renan Santana, responsável pela DEMPCA, revelou que as investigações expuseram um padrão de punições abusivas, incluindo castigos físicos e humilhações filmadas, agravadas pelo alcoolismo do agressor. O homem foi encaminhado à prisão, aguardando audiência de custódia, e optou por permanecer em silêncio durante o interrogatório. O desfecho da investigação será encaminhado ao Poder Judiciário para as devidas providências legais.

Paralelamente, no Ramal da Onça, zona rural de Cruzeiro do Sul, outro indivíduo foi preso pela invasão do domicílio de sua ex-companheira, em decorrência de condenação por lesão corporal. A ação, embasada na denúncia do Ministério Público e na atuação da DEMPCA, destaca o compromisso das autoridades em combater a violência doméstica e assegurar a proteção das vítimas.

Continua depois da publicidade

Essas prisões enfatizam a importância da atuação policial e judicial na proteção das vítimas de violência doméstica e no combate aos abusos familiares. A sociedade espera que tais medidas contribuam para um ambiente mais seguro e protegido para todos.

Propaganda
Advertisement