Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Estudantes são apreendidas após suposto caso de racismo e ataque a PM

Publicado em

 Duas estudantes, de 17 e 14 anos, foram apreendidas, nessa quinta-feira (9/5), após suposto caso de racismo na Escola Estadual “Prof. Bento Abelaira Gomes”, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Na ocasião, as suspeitas teriam chamado uma inspetora de “preta” e “filha da p*”. Além disso, as meninas também teriam atacado os policiais militares que foram acionados para atender a ocorrência no local.

O boletim de ocorrência, obtido pela TV Tem, mostra que o caso foi registrado como “ato infracional análogo a injúria e desacato”.

Continua depois da publicidade

Ainda de acordo com a reportagem, o BO revela que uma das suspeitas atacou um dos policiais com xingamentos: “Ninguém vai pôr a mão em mim. Eu já te conheço, você é folgado, filho da p*”. A adolescente de 17 anos foi algemada durante a abordagem.

Ambas as apreendidas foram conduzidas até a delegacia, onde foram liberadas após a mãe assinar um termo de compromisso e responsabilidade de se apresentar ao Ministério Público, como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Metrópoles questionou a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) mas não obteve resposta até a publicação da matéria. Espaço segue em aberto.

O caso está sob investigação da Polícia Civil.

Propaganda
Advertisement