Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Fisiculturista é preso por agredir a companheira e mentir no hospital

Publicado em

Um fisiculturista foi preso na sexta-feira (17/5), em Aparecida de Goiânia (GO), por tentativa de feminicídio. Ele levou a companheira a um hospital e afirmou que ela havia sofrido uma queda em casa.

Os profissionais de saúde notaram a incompatibilidade das lesões na vítima e do relato do homem, e o denunciaram à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). A vítima está em coma, e segue em estado gravíssimo na unidade de terapia intensiva (UTI).

“Diante dos fatos, a PCGO iniciou diligências e apurou que a vítima apresentava múltiplas lesões, entre as quais traumatismo craniano no lado direito, esquerdo e base do crânio, oito costelas quebradas, clavícula fraturada, escoriações pelas coxas, boca e olhos, dentre outras”, informou a Polícia Civil de Goiás (PCGO) em nota.

A mulher, de 31 anos, e foi levada ao hospital em 10 de maio, sexta-feira.

Continua depois da publicidade

O suspeito já respondeu por outros processos de violência doméstica contra uma ex-namorada e também contra a atual companheira, inclusive com pedido de medida protetiva.

Após diligências na residência onde o acidente teria ocorrido, a equipe de investigação também ouviu testemunhas, solicitou perícias, fez exame de corpo de delito na vítima e decidiu por decretar a prisão preventiva do fisiculturista.

Propaganda
Advertisement